quarta-feira, 17 de abril de 2024
Agropecuária salva o PIB goiano

Agropecuária salva o PIB goiano

O agronegócio tem literalmente salvado a lavoura, ou melhor, a economia goiana.  Entre 1947 e 2015 os efeitos das várias crises no Brasil não foram mais intensos em Goiás devido à força do setor agropecuário, mesmo que este setor também sofra com os efeitos do chamado voo de galinha da economia brasileira. É o que […]

17 de abril de 2017

O agronegócio tem literalmente salvado a lavoura, ou melhor, a economia goiana.  Entre 1947 e 2015 os efeitos das várias crises no Brasil não foram mais intensos em Goiás devido à força do setor agropecuário, mesmo que este setor também sofra com os efeitos do chamado voo de galinha da economia brasileira.

É o que conclui o estudo “Agropecuária goiana: uma análise em perspectiva histórica”, dos pesquisadores Eduiges Romanatto e Sérgio Borges Fonseca Júnior, do Instituto Mauro Borges de Estatísticas e Estudos Socioeconômicos (IMB/Segplan). “Verificamos que nacionalmente a agropecuária tem sido importante amortecedor da crise econômica, em especial para alguns Estados, como Goiás”, observam.

O estudo mostra que, mesmo com o mercado consumidor interno retraído nos últimos dois anos, a atividade da agropecuária é, historicamente, menos sensível à queda da renda da população. O mercado externo tem ajudado também a manter resultados satisfatórios, sobretudo, com o câmbio depreciado, que favorece as exportações.

A agropecuária goiana aumentou sua importância na economia nacional ao longo das últimas décadas. No final dos anos 40 representava apenas 1,7% do PIB da agropecuária brasileira, ou seja, a soma de tudo que é produzido pelo setor. No final dos anos 60 chegava a 4%, índice que hoje é superior a 6%. Portanto, a participação do agronegócio goiano triplicou de importância neste período num setor que não parou de crescer. Mesmo com as muitas crises econômicas.

De acordo com os pesquisadores, o sucesso da agropecuária goiana não se deu por acaso ou por vantagens naturais, mas por causa de um conjunto de ações político-institucionais, alinhado à inserção do Brasil na economia internacional como nação exportadora, dentro da lógica da agropecuária voltada para o mercado do agronegócio. Nas últimas décadas, Goiás se consolidou como um dos grandes destaques da agropecuária nacional, com safras recordes de diversos produtos, como soja, milho, sorgo, cana-de-açúcar e também como grande produtor de rebanhos bovinos de carne e de leite, e também de aves e suínos.

Os censos agropecuários de 1980, 1985 e 1995/96 mostram, nitidamente, a adoção de novas técnicas de gestão e os investimentos na modernização do agronegócio goiano, embora tenha ocorrido de maneira mais concentrada em algumas regiões do Estado, com a de Rio Verde. Esse processo, que resultou num grande salto de produtividade no setor em Goiás, teve o efeito colateral de causar redução da mão de obra, com o aumento do número de tratores e máquinas agrícolas no meio rural.

O portal EMPREENDER EM GOIÁS tem como principal objetivo incentivar, apoiar e divulgar os empreendedores goianos com conteúdos, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.