segunda-feira, 22 de julho de 2024
A força das franquias

A força das franquias

Um dos mais atraentes modelos de negócio, no qual o Brasil tem grande destaque, é o de franquias. Dados da Associação Brasileira de Franquias (ABF) demonstram que, mesmo em meio a uma grave crise, o segmento mantém sua força: no primeiro trimestre deste ano o setor faturou R$ 36,89 bilhões, 9,4% a mais em relação […]

31 de julho de 2017

Um dos mais atraentes modelos de negócio, no qual o Brasil tem grande destaque, é o de franquias. Dados da Associação Brasileira de Franquias (ABF) demonstram que, mesmo em meio a uma grave crise, o segmento mantém sua força: no primeiro trimestre deste ano o setor faturou R$ 36,89 bilhões, 9,4% a mais em relação ao mesmo período de 2016. Essa performance se explica pelas inovações recentes desse mercado, como a introdução das microfranquias, e pelo fato de muita gente que se viu desempregada nos últimos tempos ter partido para empreender dentro do franchising.

Dentro de um quadro econômico que ainda é preocupante, mas que começa a dar sinais de retomada, é preciso estar atento a opções de geração de renda em áreas como a de franquias, que tem demonstrado grande resiliência. É um ditado popular, mas bastante oportuno: na dificuldade é preciso procurar a oportunidade. E o franchising é excelente para estimular o mercado, pois ajuda empresas bem estruturadas a disseminarem ainda mais seus produtos, serviços e marcas, sendo igualmente atrativo para quem quer começar a empreender com um negócio já organizado, padronizado e com planos e estratégias definidas.

Isso se dá exatamente porque, neste sistema, o franqueador concede o direito de uso da marca juntamente com toda a metodologia, comunicação e estoques, enquanto o franqueado pode ter sua própria empresa respaldada em um modelo já planejado e formatado para o mercado. Essa parceria essencial entre franqueador e franqueado é o motor para a criação de novos empreendimentos, a abertura de empresas e a geração de emprego e renda, trazendo expressivos impactos socieconômicos para toda a sociedade.

É exatamente por isso que o Sebrae sempre teve programas voltados ao franchising, pois considera que é uma porta de entrada para novos empreendedores ao mesmo tempo em que estimula o crescimento de empreendimentos já consolidados por sua qualidade e desempenho. Vários são os casos de empresas goianas que começaram pequenas e se tornaram franquias com suporte do Sebrae Goiás, entre elas Pezinho & Cia, Fabbrica di Pizza e Tio Bákinas, entre outras.

Agora a instituição deu um passo à frente lançando o “Goiás Franquia”, que tem como público-alvo as micro e pequenas empresas sediadas em nosso Estado. Este programa tem como objetivo disseminar o franchising na comunidade empresarial e criar novos negócios. Por 12 meses, as empresas selecionadas passarão por intenso trabalho de consultoria e terão acesso, ao fim da capacitação, à sua Circular de Oferta de Franquias, um documento que apresenta todas as condições gerais do negócio, que estão ligadas aos aspectos legais, obrigações, deveres e responsabilidades, tanto do franqueador quanto do franqueado.

O grande salto deste programa é o fato de várias empresas trabalharem juntas no processo de formatação, gerando aprendizado, networking e espírito associativo. Com esse projeto é mais uma prática da missão do Sebrae de promover o desenvolvimento sustentável dos pequenos negócios em Goiás.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.