segunda-feira, 15 de abril de 2024
Construtoras querem vender mais imóveis pela internet

Construtoras querem vender mais imóveis pela internet

As construtoras goianas, que têm dado claros sinais de recuperação econômica, investem cada vez mais na venda de imóveis pela internet. Levantamento realizado pelo portal Viva Real apontou que 60% das buscas iniciais por imóveis em Goiânia começam com pesquisas via smartphones, colocando a capital goiana como a cidade brasileira onde a maior parte das […]

25 de setembro de 2017

Pesquisa aponta que 60% das buscas iniciais por imóveis em Goiânia começam pelo celular

As construtoras goianas, que têm dado claros sinais de recuperação econômica, investem cada vez mais na venda de imóveis pela internet. Levantamento realizado pelo portal Viva Real apontou que 60% das buscas iniciais por imóveis em Goiânia começam com pesquisas via smartphones, colocando a capital goiana como a cidade brasileira onde a maior parte das buscas acontece pelo celular. Mas apenas 30% das solicitações encaminhadas via chats às construtoras e imobiliárias são respondidas. O setor realiza neste mês, pela primeira vez, o Salão Digital de Imóveis Goiânia. Organizado pela Ademi, em parceria com o portal Viva Real, tem a participação de 25 empresas com a oferta de imóveis de 50 empreendimentos na planta, em construção ou prontos.

Adepta a inovações para melhor mostrar seus produtos e facilitar ao máximo a vida do cliente, a Consciente Construtora e Incorporadora investe em outras tecnologias, como o uso da realidade aumentada em seus materiais de divulgação. No Gaia Consciente Home, próximo lançamento da empresa, este recurso está disponível e permite que o usuário, por meio de um celular, obtenha informações extras do produto, com mais detalhes e de uma maneira simples e rápida. “Em todos materiais impressos isso já é possível. O cliente posiciona a câmera e ela lê a imagem impressa, disponibilizando o vídeo do tour virtual do imóvel na tela do smartphone. Qualquer coisa que a pessoa vai comprar hoje, antes ela dá uma espiada na internet”, diz o gerente comercial Rafael Rabelo.

“A busca por imóveis pela internet já é uma realidade consolidada. É uma ferramenta importantíssima, tanto que em nosso último lançamento, o Europark, investimentos mais em mídias digitais do que em outras convencionais”, afirma Alessandro Sisan, da Euroamérica Incorporações. É na internet que as pessoas buscam e conseguem todos os detalhes do produto e pesquisam referências sobre a empresa. “Muitos clientes já chegam ao corretor expert no nosso produto, por isso temos de ter uma equipe muito bem preparada para esse atendimento online e também especialista no nosso produto”, frisa Sisan.

Equipe especializada
A URBS Lançamentos Imobiliários possui há dois anos uma equipe de vendas on-line para atender virtualmente os consumidores que clicam em anúncios digitais, entram no chat da empresa ou das incorporadoras parceiras. Do setor, com 40 profissionais, saem 25% das vendas de toda a empresa, com 240 profissionais. “Uma coisa é fato: os clientes que chegam a um apartamento decorado hoje já passaram pela internet. Quem está on-line atende o cliente primeiro”, diz um dos diretores da empresa, Ricardo Teixeira, que informa que o foco no digital gerou um crescimento global de 20% da empresa.

A Dinâmica Engenharia está no ambiente digital desde 2012. “Como ferramenta de venda, desde o primeiro semestre de 2016 trabalhamos efetivamente nesse ambiente virtual e temos investido em estratégias e novas ferramentas para aprimorar essa presença online a cada dia”, ressalta Joice Chagas, da área de marketing da empresa. “O comportamento do consumidor, não somente no segmento imobiliário, está cada vez mais voltado para essa digitalização, para a internet. No caso da venda de imóveis, acredito que isso seja uma vantagem, pois permite que o cliente já filtre e busque realmente o que lhe é interesse”, afirma a diretora de marketing da FR Incorporadora, Ana Flávia Canedo.

Mesmo num cenário de crescimento desse mercado online e com as ferramentas de identificação de mídias de origem, ainda é difícil a mensuração do retorno real das vendas de imóveis provenientes desses canais digitais. “Ainda não é possível ter uma visualização perfeita de qual venda veio inicialmente dos canais online ou daqueles mais convencionais. Isso porque nem mesmo o cliente, em algumas ocasiões, lembra de como foi impactado inicialmente, não se recorda se a primeira vez que viu o anúncio ou o imóvel foi em um outdoor ou pela internet, visto que diversas vezes as campanhas são complementares entre on e offline”, diz Joice Chagas.

O portal EMPREENDER EM GOIÁS tem como principal objetivo incentivar, apoiar e divulgar os empreendedores goianos com conteúdos, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.