quarta-feira, 29 de maio de 2024
Revitalização da Castelo Branco começa com alterações no trânsito

Revitalização da Castelo Branco começa com alterações no trânsito

O trânsito na Avenida Castelo Branco, no trecho entre a Rua Jaraguá e a Avenida Consolação, vai mudar nos próximos dias. Os semáforos de três e quatro tempos serão retirados, acabando com as conversões à esquerda. Esta é a primeira medida tomada pela Prefeitura de Goiânia, para atender reivindicações dos empresários instalados ao longo da […]

13 de março de 2018

Propostas de portais para revitalizar a Avenida Castelo Branco

O trânsito na Avenida Castelo Branco, no trecho entre a Rua Jaraguá e a Avenida Consolação, vai mudar nos próximos dias. Os semáforos de três e quatro tempos serão retirados, acabando com as conversões à esquerda. Esta é a primeira medida tomada pela Prefeitura de Goiânia, para atender reivindicações dos empresários instalados ao longo da via, que fazem parte do Projeto Castelo Branco Competitiva, conforme divulgado em primeira mão pelo EMPREENDER EM GOIÁS.

O anúncio da alteração do trânsito foi feito na noite desta segunda-feira (12), durante reunião entre os prefeito Iris Rezende Machado e empresários da região, no auditório do Sindicato do Comércio de Auto Peças (Sincopeças), em Campinas. Iris Rezende anunciou ainda que estão sendo estudadas alterações e atualizações no Plano Diretor da capital, que possibilitarão a criação do chamado Arranjo Produtivo Local, com alterações que vão atingir o licenciamento de empreendimentos e até mesmo a possibilidade de redução de impostos e taxas, bem como a não obrigatoriedade de estacionamento em determinadas áreas ocupadas.

As medidas foram recebidas de forma positiva pelos empresários, que apresentaram ao prefeito e sua equipe o projeto de urbanização da Avenida Castelo Branco, com revitalização dos canteiros centrais no trecho entre a Praça Walter Santos e o viaduto da GO-060, instalação de totens de sinalização e portais para identificar a região como polo de agronegócio. Os empresários também deram início à discussão sobre o projeto de continuidade da canalização do Córrego Cascavel e de implantação da Marginal Cascavel, que será desenvolvido pelo arquiteto Antônio Basílio e doado ao município.

 

Campinas

Iris Rezende afirmou que recomendou à sua equipe de auxiliares a elaboração de projetos para aprimorar o comércio da região, criando o que ele chamou de Centro Turístico Comercial, abrangendo todo o Bairro de Campinas. O prefeito disse ainda que o projeto terá sucesso somente se for realizado em parceria com os empresários. Em relação ao plano diretor, estão em estudos a flexibilização para regularização de empreendimentos, visando incentivar o desenvolvimento econômico da região.

A Castelo Branco é uma das mais importantes avenidas comerciais da capital. Nela estão instalados 1.076 empresas, segundo dados da Secretaria Municipal de Desenvolvimento Econômico, Trabalho, Ciência e Tecnologia (Sedetec). Destas, 623 são de atividades comerciais e 311 de prestação de serviços. O presidente da Câmara Temática do Agronegócio da Associação Comercial, Industrial e de Serviços do Estado de Goiás (Acieg), Ricardo Cantaclaro, afirmou que as propostas do setor empresarial e da Prefeitura convergem para propiciar um ambiente favorável ao comércio da região.

O presidente da Acieg e do Conselho de Desenvolvimento Econômico Sustentável e Estratégico de Goiânia (Codese), Euclides Barbo Siqueira, afirmou que as 56 entidades que compõem o Codese e a centenas que integram a Acieg querem medidas que vão proporcionar a geração de empregos e a melhoria da mobilidade e da arrecadação de impostos para Goiânia e o Estado de Goiás. “Daí, necessidade de serem adotadas medidas visando o crescimento econômico. Mas estas medidas devem ser adotadas após discussão e debate com os segmentos envolvidos”, frisou.

Também participaram da reunião o presidente da Federação do Comércio do Estado de Goiás (Fecomércio), José Evaristo dos Santos; o presidente do Sincopeças, Maurício Paiva; a presidente do Sindicato dos Concessionários e Distribuidores de Veículos Automotores de Goiás (Sincodive), Shirley Luiza de Oliveira Leal; a presidente da Associação dos Empresários de Campinas, Margareth Sarmento; os secretários municipais Luiz Fernando Santana, de Trânsito, e Agenor Mariano, de Planejamento, bem como os coordenadores do Projeto Castelo Branco Competitiva, Luiz Hohl, Antônio Camargo Júnior e Roberto Taveira.

O portal EMPREENDER EM GOIÁS tem como principal objetivo incentivar, apoiar e divulgar os empreendedores goianos com conteúdos, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.