terça-feira, 28 de maio de 2024
Catral começou com a venda de tripas e hoje é líder em seu segmento

Catral começou com a venda de tripas e hoje é líder em seu segmento

Ampliar a participação do e-commerce no faturamento bruto da empresa, descobrir novas possibilidades de mercado, sem fugir do foco principal do negócio, e implementar a profissionalização da gestão, com a contratação de um CEO. Desta forma, o empresário José Eduardo Castroviejo Vilela espera consolidar a liderança da Catral Refrigeração e Eletrodomésticos nos segmentos de balcão […]

8 de abril de 2018

Ampliar a participação do e-commerce no faturamento bruto da empresa, descobrir novas possibilidades de mercado, sem fugir do foco principal do negócio, e implementar a profissionalização da gestão, com a contratação de um CEO. Desta forma, o empresário José Eduardo Castroviejo Vilela espera consolidar a liderança da Catral Refrigeração e Eletrodomésticos nos segmentos de balcão refrigerado, balanças, impressoras comerciais e freezer horizontal. “Estamos em processo de reformulação da gestão, para atender com maior rapidez o cliente e aumentar a nossa participação no mercado”, afirmou o empresário ao EMPREENDER EM GOIÁS.

A Catral está há 40 anos no mercado. A empresa iniciou suas atividades em 1977, com a venda de tripas industrializadas para açougues e fábricas de linguiça. Na época, José Eduardo era estudante de Engenharia Agronômica na Universidade Federal de Goiás (UFG) e aproveitou a experiência comercial adquirida, ainda na infância, como ajudante do pai em um pequeno bar em Uberlândia (MG) e, posteriormente, na Vila Bandeirante, na Região Leste de Goiânia. Ele abriu mão do emprego de auxiliar de tesouraria no Banco Real, para dar sequência aos estudos e iniciar o próprio negócio.

Ajuda

Tudo começou com a ajuda de um primo, que já atuava no segmento de tripas industrializadas. Os primeiros lotes do produto foram cedidos pelo parente, que teve como sócio por algum tempo. Depois de decidir seguir por conta própria e adquirir a parte do primo no negócio, o empresário foi para São Paulo conhecer os fornecedores e adquirir os produtos para revender em Goiânia.

José Eduardo se emociona ao lembrar do importante apoio que recebeu dos pais e de vários clientes. “Enfrentei até concorrência desleal, mas consegui superar graças à confiança que depositaram em mim”, disse. Ele se diz orgulhoso de ter começado a trabalhar ainda menino, aos oito anos de idade, como engraxate na porta do bar que o pai tinha em Uberlândia (MG). Esta convivência foi que despertou no empresário o gosto pelo comércio e o que chama de “tino comercial” – saber comprar o produto certo, com o preço que garanta a sua revenda. “Eu nunca pedi dinheiro para o meu pai. Sempre trabalhei para ganhar o meu. Acho que foi isso que me fez aprender a negociar, a comprar e vender bem”, afirmou.

O pequeno negócio cresceu e se instalou no extinto Mercado São Judas Tadeu, na Avenida Anhanguera, no Setor Coimbra. A empresa foi registrada com o nome de Casa das Tripas Anhanguera Ltda. (Catral) e começou a também comercializar temperos e corantes para linguiças. Foi então que José Eduardo iniciou a venda de máquinas para açougues. Nessa época, o empresário também teve de tomar uma importante decisão. Assim que concluiu o curso de Engenharia Agronômica, conseguiu emprego na Agroquima, onde trabalhou por dois anos. “Eu vi que não tinha como me dividir entre as duas e decidi dar sequência ao meu próprio negócio.”

Crescimento

Daí em diante a Catral não parou de crescer e de agregar novos produtos ao seu portfólio – hoje são 3,2 mil itens nas linhas de refrigeração comercial, equipamentos industriais e comerciais, automação comercial, ar-condicionado, eletrodomésticos, utilidades domésticas e acessórios em geral. É a maior revenda no Brasil da marca Gelopar e está entre as maiores e principais revendas de marcas como Bematech, Toledo, Venâncio, G-Paniz, CAF, Gree, Metalfrio e Honeywell.

Desde o início dos anos 80, a Catral está sediada no Setor Coimbra. Inicialmente o prédio foi alugado por causa da destruição do Mercado São Judas Tadeu. Posteriormente, José Eduardo adquiriu o imóvel e devido à necessidade de expansão, comprou áreas leiloadas pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), para construir a sede da empresa. Atualmente, o prédio principal tem 2,7 mil metros quadrados de área construída, onde estão expostos os produtos para venda presencial, além do espaço destinado em um prédio ao lado para o telemarketing e o e-commerce.

Também possui lojas em Aparecida de Goiânia – está instalada em um prédio de 600 metros quadrados e em breve se mudará para nova sede com 1 mil metros quadrados de área construída e, em Rio Verde num prédio de 1 mil metros quadrados, além de um Centro de Distribuição localizado no Setor Industrial de Aparecida de Goiânia, com 5 mil metros de área construída.

A venda de produtos para montagem e automação de supermercados, padarias, restaurantes, açougues e lanchonetes representam 55% das vendas da empresa. O restante corresponde à linha de eletrodomésticos, presentes, ar-condicionado e leitores óticos. “Estamos nos preparando para melhorar ainda mais o atendimento virtual, a partir da integração do e-commerce com o telemarketing”, afirma.

Um dos segredos para a longevidade da empresa, de acordo com José Eduardo, é a valorização dos recursos humanos. A Catral tem 150 empregados – destes, 18 estão há mais de 15 anos e mais de 50 há pelo menos uma década. “Faço questão de preservar e valorizar os que trabalham comigo”, explicou José Eduardo. Outra estratégia para se consolidar é conhecer o mercado, estar aberto às novidades e às necessidades dos clientes. “A gente não pode avançar o sinal e precisa conhecer os lugares onde anda”, frisa, com sua experiência no comércio.

Também uma parte considerável de seu crescimento vem da credibilidade adquirida com os fornecedores. “Sempre trabalhei com margem de lucro reduzida, custo baixo, valorização das competências e pontualidade nos pagamentos. Isso tudo só é possível se tiver paixão e entusiasmo pelo negócio”, afirmou.

O portal EMPREENDER EM GOIÁS tem como principal objetivo incentivar, apoiar e divulgar os empreendedores goianos com conteúdos, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.

4 thoughts on “Catral começou com a venda de tripas e hoje é líder em seu segmento”

  1. Odorico disse:

    Parabéns Zé Eduardo,são de empreendedores assim que o Brasil pode dar uma reviravolta para o crescimento!!

  2. Daniely disse:

    Parabéns!! Um grande empreendedor! O Brasil necessita de líderes assim, que valoriza os seus colaboradores, investindo em qualidade, respeitando os seus clientes e sendo parceiros dos fornecedores!! Excelente matéria!!

  3. Benedito oscar disse:

    Sou testemunha viva deste crescimento, solido ,acompanhei está empresa por muitos anos quando estava na ativa como funcionário de banco , sempre uma ótima cliente e disputada pela concorrência , O Sr Jose Eduardo um empreendedor pé no chão mas com uma visão de negócio muito dinâmica e arrojada, além do principal honestidade e dignidade .

  4. Fabiano Santos disse:

    Sou funcionário da Catral há 18 anos, comecei como office boy e daí fui crescendo na empresa!!! Sr. José Eduardo, homem íntegro e de faro comercial inabalável, gere a empresa com sabedoria e prudência… Tenho muito orgulho de ser funcionário dessa empresa, que contribui com o crescimento de muitos negócios, famílias e pessoas!!! Vida longa ao Sr. Zé e a Catral…