segunda-feira, 22 de julho de 2024
Goiás tem o melhor abril na criação de empregos desde 2014

Goiás tem o melhor abril na criação de empregos desde 2014

Goiás teve o melhor abril dos últimos quatro anos na criação de empregos formais. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), no mês passado, foram criados 8.791 novos postos de trabalho com carteira assinada no Estado o quarto maior do País, atrás apenas de São Paulo, Minas Gerais e do Paraná. […]

21 de maio de 2018

Goiás teve o melhor abril dos últimos quatro anos na criação de empregos formais. De acordo com o Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), no mês passado, foram criados 8.791 novos postos de trabalho com carteira assinada no Estado o quarto maior do País, atrás apenas de São Paulo, Minas Gerais e do Paraná.

Em abril, o setor que mais criou vagas de emprego em Goiás foi a indústria da transformação, com 3.801 contratações a mais que desligamentos no mês. Em seguida, foi o setor agropecuário, com 2.564 vagas de saldo, seguida da construção civil, com 1.451, e do setor de serviços, com 1.263 novos postos de trabalho.

No comparativo com o mesmo mês do ano passado, o saldo positivo foi 22% maior. A mesma tendência tem sido observada desde o início do ano, o que projeta que o ano pode terminar com mais empregos criados que 2017, quando o mercado de trabalho goiano teve saldo positivo de 25.370, o segundo melhor do Brasil, atrás apenas de Santa Catarina.

Em todo o primeiro quadrimestre de 2018, Goiás atinge a marca de 27.982 empregos formais de saldo. O desempenho coloca o Estado em sexto lugar entre todas as unidades da federação, atrás apenas de São Paulo, Minas Gerais, Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul.

Municípios

Em relação aos municípios goianos, Goianésia foi o que teve melhor desempenho em abril. No mês, o saldo de empregos com carteira assinada no município foi de 972 postos de trabalho. Em segundo lugar, ficou Formosa, com 729 e, em seguida, Goiânia, com 683.

No acumulado do primeiro quadrimestre, Goiânia lidera, com 3.138 vagas de saldo. O segundo lugar, neste período, é de Cristalina, com 2.104, aparecendo, na sequência, Anápolis, com 1.568.

País

No Brasil, foram criados 115.898 postos de trabalho com carteira assinada em abril. Trata-se do melhor resultado para o mês em cinco anos. O número de abril superou as 56.151 vagas abertas em março. O resultado apurado está abaixo da média histórica de abril, que é de 122,4 mil.

Os números do governo revelam que, em abril, houve abertura de vagas em todos oito setores da economia. O maior número de empregos criados foi no setor de serviços. O resultado, diz o ministério, reforça “o quadro de otimismo para o emprego”. O órgão também afirma que houve saldo positivo em 22 Estados.

O portal EMPREENDER EM GOIÁS tem como principal objetivo incentivar, apoiar e divulgar os empreendedores goianos com conteúdos, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.