terça-feira, 28 de maio de 2024
Zuppani quer ampliar exportações e ser a 2ª em produção de velas do País

Zuppani quer ampliar exportações e ser a 2ª em produção de velas do País

Trinta e cinco anos separam a transformação ocorrida na Zuppani Industrial, fábrica goiana das tradicionais velas São Tarcísio e produtos de limpeza da marca Zupp. De uma pequena fábrica de velas, a empresa situa-se entre os cinco maiores produtores nacionais do segmento e líder na área em determinadas categorias de produtos de limpeza do Centro-Oeste. […]

2 de outubro de 2018

Os irmãos Ricardo e Eduardo Zuppani na unidade localizada em Aparecida de Goiânia. A empresa fabricadas as velas São Tarcísio e Paloma e 56 produtos diferentes da linha de limpeza, num total de mais de 450 itens

Trinta e cinco anos separam a transformação ocorrida na Zuppani Industrial, fábrica goiana das tradicionais velas São Tarcísio e produtos de limpeza da marca Zupp. De uma pequena fábrica de velas, a empresa situa-se entre os cinco maiores produtores nacionais do segmento e líder na área em determinadas categorias de produtos de limpeza do Centro-Oeste. E agora prepara-se para ampliar suas exportações ao Paraguai, para onde há vários anos já envia velas.

Velas e produtos de limpeza sempre andaram de mãos dadas na Zuppani, desde o início da empresa, em 1983, com a inauguração da pequena fábrica de vela com a marca Rainha. Pouco depois, Ricardo Zuppani adquiriu a fábrica de velas da marca São Tarcísio e a produção saltou para 15 toneladas por mês. Hoje, com duas marcas (São Tarcísio e Paloma), a empresa produz em torno de 1,2 mil toneladas por ano em duas fábricas: uma na sede, em Aparecida de Goiânia, e outra na Bahia.

“O negócio de vela nos levou aos produtos de limpeza rapidamente porque precisávamos otimizar as entregas, já que as velas davam pouco volume nos caminhões. Aí, achamos por bem investir em produtos de limpeza”, conta Eduardo Zuppani, que toca a empresa com o irmão Ricardo. Velas e as primeiras linhas de limpadores (água sanitária, cera e desinfetante) eram produzidas na planta inaugural da empresa, na Vila Brasília, em Aparecida de Goiânia.

Evolução

Doze anos depois, tudo ganharia novo tamanho e escala na atual unidade, instalada em 56 mil m² no Distrito Industrial Municipal de Aparecida de Goiânia. Tudo somado, em 2017 a Zuppani produziu 3 milhões de caixas, algo em torno de 90 mil toneladas de produtos, entre desinfetantes, água sanitária, velas, limpadores diversos e detergentes, em volume de importância nessa ordem.

É escala suficiente para abastecer o Centro-Oeste e o Norte do país e ampliar exportações, o que está prestes a acontecer. “Estamos em tratativas avançadas para enviar ceras para piso, lava-louça em pasta e alguns limpadores perfumados para o Paraguai a partir do próximo ano”, revela Eduardo Zuppani, ao falar sobre os planos para o negócio de limpeza. Com a marca Paloma, a empresa já exporta vela àquele país. O portfólio da linha de limpeza hoje conta com 56 produtos distribuídos nas linhas doméstica (23 categorias de produtos), profissional (28 categorias) e PET (5 produtos de limpeza para animais de estimação), totalizando mais de 450 itens.

Já para a vela, conta Zuppani, o caminho é seguir explorando o mercado nacional, chegando a toda a região Nordeste, onde a empresa construiu uma planta industrial há oito anos, mas ainda não abastece toda a região. “Já estamos lá [com a fábrica na Bahia], mas a dificuldade logística ainda é grande”, conta ao revelar que a ideia da fábrica busca romper essa dificuldade, além de ficar próximo do fornecimento da base de fabricação, que é a parafina, um derivado do petróleo produzida refinaria da Petrobras Landulfo Alves, em Madre de Deus.

Eduardo e Ricardo comandam cinco empresas: Zuppani Industrial em Aparecida de Goiânia e em Salvador; Zuppani Transportes (com frota própria de 30 caminhões), Logovet (produtos para PET), Exímia (limpeza industrial), e CNP (fábrica de frascos)

Investimento

A Zuppani conta com 320 funcionários diretos atuando em diferentes áreas da empresa, que já virou um grupo com cinco empresas coligadas: Zuppani Industrial em Aparecida de Goiânia e em Salvador, Zuppani Transportes (com frota própria de 30 caminhões), Logovet (produtos para PET), Exímia (limpeza industrial), CNP (fábrica de frascos).

O empresário evita falar em faturamento, mas dá uma pista do giro do negócio de limpadores. Para lançar uma nova linha de produtos de limpeza, por exemplo, o investimento é de cerca de R$ 4 milhões. “Isso porque não se aproveita praticamente nada de uma linha já existente, você precisa desenvolver tudo e os equipamentos estão sempre em permanente evolução”, explica. É que a Zuppani estuda fazer no segmento de PET, cuja área acabou de realizar um reposicionamento de marca. Tornar-se o segundo maior produtor nacional de velas também está nos planos, conta Eduardo Zuppani.

Outro investimento que a Zuppani Industrial está realizando é em sua própria fonte de energia, com a instalação de uma usina fotovoltaica (energia solar). A unidade vai gerar 800 kW e será a sexta maior do Estado, segundo o empresário. Tudo para continuar sustentando novos voos da empresa, cujos pilotos já iniciaram o processo de sucessão, com as respectivas filhas assumindo o controle.

O portal EMPREENDER EM GOIÁS tem como principal objetivo incentivar, apoiar e divulgar os empreendedores goianos com conteúdos, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.

2 thoughts on “Zuppani quer ampliar exportações e ser a 2ª em produção de velas do País”

  1. Nilo E. Carvalho disse:

    Conhecedor desde o início de suas atividades, há mais de trinta anos, não foi difícil entender que a nova Empresa Zuppanni, criada naquela época, não tinha como não dar certo, Primou-se:- 1° pela qualidade, 2°, investiu pesado no material digo, ser humano, 3°, na diversificação da sua linha de produção, primou-se com denodo na politica de conpetividade, buscando sempre a qualidade, custos, apresentação e pesquisas de mercado, plantando aqui em Goiás e em outros estados, uma grande empresa geradora de empregos e oportunidades de negócios. PARABÉNS Empresários Ricardo e Eduardo ZUPPANI, seus fundadores.

  2. Reginaldo Vieira Martins disse:

    Boa tarde gostei dos produtos e gostaria de saber se ha enterece da parte de vcs de ter um representante no interior do Rio pois tenho muitos cometcios cadastrados sao mais de 100 cnpj de comercios e distribuidores que ja faco venda
    e podemos fazer um otimo trabalho