sábado, 13 de abril de 2024
Pequenos negócios respondem por 80% dos novos empregos em Goiás

Pequenos negócios respondem por 80% dos novos empregos em Goiás

Dos 47.170 empregos gerados com carteira assinada nos nove primeiros meses do ano em Goiás, 37.444 foram criados pelos pequenos negócios, ou seja 80% do total, e 9.726 pelas médias e grandes empresas, conforme levantamento do Sebrae com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Com estes números, Goiás foi o […]

26 de outubro de 2018

Dos 47.170 empregos gerados com carteira assinada nos nove primeiros meses do ano em Goiás, 37.444 foram criados pelos pequenos negócios, ou seja 80% do total, e 9.726 pelas médias e grandes empresas, conforme levantamento do Sebrae com base nos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Com estes números, Goiás foi o quarto Estado do país no qual os pequenos negócios mais geraram empregos, ficando atrás de São Paulo, Minas Gerais e Paraná.

No período, o setor de serviços liderou a geração de empregos pelos pequenos negócios no Estado, com 15.910 vagas abertas, seguido da construção civil (7.123), agropecuária (6.944), comércio (4.752) e indústria de transformação (2.929) e extrativa mineral (486).

No Brasil, no acumulado até setembro, os pequenos negócios do setor de serviços seguem liderando a geração de empregos, com a criação de 339,5 mil novos postos de trabalho, 59% do total de empregos gerados pelas micro e pequenas empresas nesse período. A construção civil também tem se destacado, com 94,1 mil postos de trabalho nos nove primeiros meses deste ano.

Força

“É inegável a força dos pequenos negócios para a geração de empregos no Brasil. As pesquisas só confirmam, mês após mês, que o empresário de micro e pequena empresa deve ser prioridade das políticas públicas, porque somente por meio do fortalecimento do empreendedorismo, o país terá chance de voltar a crescer”, analisa o presidente do Sebrae, Guilherme Afif Domingos.

Para o superintendente do Sebrae Goiás. Igor Montenegro, estes resultados mostram a importância da micro e pequena empresa na geração de empregos em Goiás e em todo o Brasil. “Temos certeza que o Sebrae está no caminho certo de dar todo apoio aos micro e pequenos empresários, bem como aos potenciais empreendedores”, afirma.

Ser MPE significa trazer inovação, criar oportunidades, gerar renda e riqueza em ambientes tão diferentes como uma rua de um bairro distante ou um grande complexo comercial”. frisou.

O portal EMPREENDER EM GOIÁS tem como principal objetivo incentivar, apoiar e divulgar os empreendedores goianos com conteúdos, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.