quarta-feira, 17 de abril de 2024
Goyazes se prepara para vender botas nos EUA

Goyazes se prepara para vender botas nos EUA

Líder de mercado no segmento de botas e bolsas em couros exóticos, a Goyazes – A Bota do Campeão – , no seus 13 anos de história, sempre concentrou suas atividades no nicho country. A iniciativa deu certo. A marca está presente na maioria dos Estados brasileiros, exporta para o Mercosul e já se prepara […]

13 de dezembro de 2018

Goyazes
Flávio com as caixas das botas Goyazes e da Wrangler, que a empresa produz na indústria localizada no município de Goianira, onde são fabricados 500 pares por dia

Líder de mercado no segmento de botas e bolsas em couros exóticos, a Goyazes – A Bota do Campeão – , no seus 13 anos de história, sempre concentrou suas atividades no nicho country. A iniciativa deu certo. A marca está presente na maioria dos Estados brasileiros, exporta para o Mercosul e já se prepara para ingressar no exigente mercado dos Estados Unidos.

Para tanto, já deu um passo importante. Há quatro anos, a Goyazes fabrica botas para a marca Wrangler. “Ganhamos em qualidade, com a utilização de novos processos de fabricação, que valorizam maior segurança no trabalho, bem-estar dos trabalhadores e otimização da linha de produção”, afirma o diretor da empresa, Flávio Ferrari.,

A próxima meta da Goyazes é utilizar a internet como uma nova oportunidade de negócios, com a implantação do e-commerce até 2020. Uma das estratégias que a marca tem utilizado para se manter em alta no seu segmento é a busca constante pela inovação dos seus produtos, com a utilização de produtos e técnicas de fabricação modernas e o lançamento de uma nova linha de calçados, que valoriza a esportividade sem perder a qualidade e a exclusividade dos modelos.

“Hoje, somos líderes  no segmento de calçados da linha exótica no Brasil,  já exportamos para o Mercosul e estamos nos preparando para ingressar nos EUA”

Couros exóticos

A história da Goyazes teve início em 2005, depois de vislumbrar a perspectiva de utilização de couros exóticos na fabricação de calçados. Em 2004, ao participar de uma missão comercial do governo de Goiás em Portugal, Espanha e Itália, Flávio percebeu que o mercado do Velho Continente valorizava muito a utilização de peles diferenciadas nos calçados.

Ao retornar ao Brasil, ele e os irmãos decidiram aproveitar a experiência e o conhecimento que já possuíam no segmento e a ligação que tinham com a criação de cavalos para darem início à fabricação das botas. Inicialmente, a empresa se instalou em uma área no Polo de Couro no município de Goianira, às margens da GO-060, com a fabricação de 10 pares de botas por dia, com 5 funcionários. Atualmente, no local, funciona uma loja de varejo. A indústria se expandiu e hoje tem mais de 4 mil metros quadrados de área construída, onde são fabricados 500 pares por dia por 150 funcionários.

À fabricação das botas, a Goyazes agregou a utilização de couro de cobra, avestruz, jacaré, arraia e pirarucu. Grande parte da matéria-prima é importada – cobra vem da Indonésia e Malásia; avestruz, da África; arraia, de vários países – e outra parte adquirida no mercado nacional, como jacaré e pirarucu. “Temos como regra o respeito às leis ambientais. Todos os produtos que utilizamos têm certificação de órgãos ambientais, são legítimos e legais”, afirmai.

O portfólio de modelos da Goyazes também se multiplicou com o passar dos anos. Para se ter uma ideia, de 26 modelos fabricados em 2007, hoje a linha de produção é diversificada em mais de 600. Também o público foi modificando-se com o passar dos anos. Inicialmente, a quase totalidade dos consumidores era composta por compradores do sexo masculino. Hoje, 60% das vendas são para mulheres. Dos compradores, 40% estão na faixa etária dos 18 aos 24 anos; 40%, dos 25 aos 35, e 20% acima dos 36 anos.

Consolidação

O empresário ressalta que o crescimento da Goyazes se deve a um conjunto de fatores. Ele cita a cultura sertaneja de Goiás, a força do agronegócio, a qualidade do produto e o fortalecimento do relacionamento com todos os envolvidos na cadeia produtiva como fundamentais para a consolidação da empresa e a ampliação de sua participação no mercado. “Hoje, somos líderes em todo o Brasil no segmento de calçados da linha exótica, já exportamos para o Mercosul e estamos nos preparando para ingressar nos Estados Unidos”, afirma.

O trabalho de consolidação da marca foi marcado também pela persistência. Além de Goiás, os produtos da marca podem ser encontrados em quatro regiões do País. A empresa se prepara agora para ingressar na Região Nordeste, com a apresentação de uma linha de botinas especiais. “Sempre trabalhamos com produtos e marketing diferenciados. Tudo é estudado e planejado para manter um padrão de respeito com os nossos consumidores e representantes”, afirmou o empresário. À linha de produção de botas, a empresa agregou a fabricação de bolsas, carteiras, vestuário e bonés.

Flávio com um dos modelos de botas ainda na fase de criação. A empresa também fabrica bolsas, carteiras, vestuário e bonés

Estratégia

Uma das estratégias da Goyazes é estar presente nos mercados que se identificam com os seus produtos. A participação em feiras de agronegócio é intensa, inclusive com a montagem de estandes em parceria com representantes. Recentemente, obteve o registro de Bota Oficial da Festa do Peão de Barretos. Também se faz presente na Couro Moda, maior feira especializada na América Latina, que reúne empresários de toda a cadeia coureiro-calçadista do Brasil.

Agora, a Goyazes se prepara para a entrada de uma nova geração nos negócios. Os filhos estão dando início à atuação na empresa com o desenvolvimento e fabricação de novos produtos, implementação de novas tecnologias na linha de produção e implementação de técnicas atualizadas de marketing. “Esta é a forma de manter o reconhecimento da nossa marca pela qualidade e inovação. Somos comprometidos na busca de excelência”, explica.

Além da questão ambiental, a Goyazes também tem realizado trabalho social. Todos os anos, a empresa faz doação de produtos para serem leiloados pelo Hospital do Câncer de Barretos. Faz também campanhas educativas, com a destinação de espaço em suas embalagens para inserção de mensagens incentivando a prevenção à doença. Agora, participa da implantação de uma escola de equoterapia em Inhumas, para tratamento com pessoas com dificuldades de mobilidade.

O portal EMPREENDER EM GOIÁS tem como principal objetivo incentivar, apoiar e divulgar os empreendedores goianos com conteúdos, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.

One thought on “Goyazes se prepara para vender botas nos EUA”

  1. DR.MIHRAN MERZIAN disse:

    Parabéns Boas vendas Felizes Natal e 2019 $$$$