terça-feira, 28 de maio de 2024
Escolas estaduais irão estimular cultura empreendedora

Escolas estaduais irão estimular cultura empreendedora

Sessenta seis escolas de Goiás serão contempladas pelo Programa Nacional de Educação Empreendedora (PNEE) , que tem por objetivo estimular a cultura de negócios e empreendedorismo entre os estudantes. Parceria firmada através da assinatura de contrato entre o Sebrae Goiás e a Secretaria de Educação irá capacitar professores de escolas de todo o Estado para […]

28 de maio de 2019

Sessenta seis escolas de Goiás serão contempladas pelo Programa Nacional de Educação Empreendedora (PNEE) , que tem por objetivo estimular a cultura de negócios e empreendedorismo entre os estudantes. Parceria firmada através da assinatura de contrato entre o Sebrae Goiás e a Secretaria de Educação irá capacitar professores de escolas de todo o Estado para que possam disseminar conceitos e práticas empreendedoras entre os alunos.

“Com a parceria com o governo estadual, iremos chegar às escolas do ensino médio atingindo cerca de 18 mil alunos, capacitar professores e fornecer todo o material, fazendo com que esses alunos tenham conhecimento sobre empreendedorismo”, disse o diretor técnico do Sebrae Goiás, Wanderson Portugal, ao ressaltar que a meta é aumentar o número de escola.

Ainda segundo Wanderson, os alunos estarão sendo preparados para as oportunidades futuras do mercado. “Estamos falando de revolução digital, onde 70% das profissões atuais vão deixar de existir. O aluno irá tomar reconhecimento disso e começa a se preparar para que não seja pego de surpresa”, explica.

Programa

Para despertar as atitudes empreendedoras, o PNEE trabalha a criatividade, inovação, linguagem adequada e compromisso com a realidade local com os estudantes. No Ensino Fundamental, o PNEE trabalha a metodologia JEPP – Jovens Empreendedores Primeiros Passos. Já no Ensino Médio, o programa trabalha as metodologias ‘Despertar’ e ‘Crescendo e Empreendendo’.

O Curso Despertar aborda a visão ampla do empreendedorismo, incentivando a cooperação, a cidadania e a ética, por meio de leituras, trabalhos de campo e da realização da Feira do Jovem Empreendedor. Ao final, os participantes estarão mais comprometidos com o desenvolvimento pessoal e profissional, o que trará reflexos positivos no comportamento em todas as esferas. São 70 horas de estudos divididas em 22 encontros presenciais e atividades de campo, além da Feira do Jovem.

O portal EMPREENDER EM GOIÁS tem como principal objetivo incentivar, apoiar e divulgar os empreendedores goianos com conteúdos, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.