terça-feira, 28 de maio de 2024
Produtos Valeza, de Goiás para a China

Produtos Valeza, de Goiás para a China

O Laticínio J.L., fabricante das marcas Vale do Orizona e Valeza, localizado no município de Orizona, na Região da Estrada de Ferro, está implantando a FSSC 22000 (Food Safety System Certification), que em português quer dizer Certificado de Sistema de Segurança Alimentar. Com este certificado, a empresa garante ao consumidor a confiabilidade no setor de […]

15 de agosto de 2019

Jair Borges com os queijos e requeijões das marcas Valeza e Vale do Orizona produzidos para o mercado brasileiro que, em breve, chegarão à China

O Laticínio J.L., fabricante das marcas Vale do Orizona e Valeza, localizado no município de Orizona, na Região da Estrada de Ferro, está implantando a FSSC 22000 (Food Safety System Certification), que em português quer dizer Certificado de Sistema de Segurança Alimentar. Com este certificado, a empresa garante ao consumidor a confiabilidade no setor de segurança e qualidade de alimentos e a credencia a exportar seus produtos para todo o mundo.

O presidente da empresa, Jair José Antônio Borges, diz que tem uma preocupação constante em cumprir as exigências das legislações vigentes no País, bem como estar dentro das qualificações do mercado mundial. Não é por acaso que, em julho passado, o Laticínios JL foi autorizado pelo Ministério da Agricultura, após aval do governo chinês, a exportar queijos para aquele mercado asiático que é o que mais cresce no mundo.

Com 31 anos de operação, o Laticínios JL se destaca com a distribuição de seus produtos para supermercados, mercearias, panificadoras e outros pontos de vendas de todo o País. A empresa tem forte atuação na produção de requeijão e queijos – inclusive o fatiado – de marcas próprias de grandes redes de supermercados como Grupo Pão de Açúcar, Walmart, Carrefour e outras, além de contar com um portfólio de mais de 30 tipos de queijos e requeijões das marcas Valeza e Vale do Orizona.

Atualmente, a empresa processa 180 mil litros de leite diariamente que garantem a produção mensal de 700 toneladas de requeijão e queijos, de vários tamanhos e formatos. Jair Borges conta que a empresa tem capacidade de produção ainda maior, porém, esta ociosidade é devido a estagnação do consumo de leite e seus derivados no mercado nacional. Mas, agora, com o certificado de exportação para a China, a empresa espera utilizar toda a sua capacidade produtiva e abrir novas vagas de trabalho além de fazer novos investimentos em equipamentos, instalações, tecnologia e aperfeiçoamento da mão de obra.

História

Fábrica do Latícinios J.L, em Orizona: 180 mil litros de leite são processados diariamente para a produção mensal de 700 toneladas de requeijão e queijos

O Laticínio J.L. Lda foi fundado em 1º de junho de 1988 pelos sócios Jair José Antônio Borges e Lucimar José Antônio. O nome da empresa é a combinação dos nomes dos dois irmãos. A marca dos produtos Vale do Orizona representa uma homenagem à região e aos produtores. Contudo, depois de estudos de marketing e avaliações técnicas o nome Vale do Orizona se incorporou à marca Valeza, já consolidada em todo o Brasil. Contudo, em alguns produtos ainda se mantém a marca Vale do Orizona.

A qualidade comprovada dos produtos Valeza e Vale do Orizona já rendeu ao Laticínio J.L muitas premiações. A iniciativa da empresa com o lançamento do primeiro requeijão cremoso com a adição de fibras foi reconhecida pela Federação das Indústrias do Estado (Fieg) e pela Universidade Federal de Goiás, com o prêmio Visão do Ano.

A empresa também tem presença nas atividades sociais na região de Orizona com programas de apoio à educação extracurricular de 600 crianças, com as práticas de esportes e lazer. No cuidado com o meio ambiente, o Laticínio J.L implementou o tratamento da água e o seu ciclo completo, envolvendo todas as etapas da indústrias, da captação de água, do recebimento do leite in natura, do processo industrial e dos efluentes gerados até o seu retorno adequado a natureza.

O portal EMPREENDER EM GOIÁS tem como principal objetivo incentivar, apoiar e divulgar os empreendedores goianos com conteúdos, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.

One thought on “Produtos Valeza, de Goiás para a China”

  1. Anonimo disse:

    Minha segunda casa. Fiquei muito feliz com a notícia! Pra frente Valeza!!!