terça-feira, 28 de maio de 2024
Goiás terá mais fábricas de cervejas artesanais

Goiás terá mais fábricas de cervejas artesanais

O mercado de cervejarias independentes está em franca expansão em Goiás, afirma o presidente da Associação Brasileira de Cerveja Artesanal – Regional Goiás (Abracerva-GO), Henrique Augusto Martins, que também é proprietário da Cervejaria Lola, ao antecipar ao EMPREENDER EM GOIÁS que em 2020 serão instaladas três novas cervejarias na Região Metropolitana de Goiânia. Corrobora com […]

20 de outubro de 2019

Henrique Martins, André Elias e Daniel Lell: Em 2020, serão instaladas três novas cervejarias na Grande Goiânia

O mercado de cervejarias independentes está em franca expansão em Goiás, afirma o presidente da Associação Brasileira de Cerveja Artesanal – Regional Goiás (Abracerva-GO), Henrique Augusto Martins, que também é proprietário da Cervejaria Lola, ao antecipar ao EMPREENDER EM GOIÁS que em 2020 serão instaladas três novas cervejarias na Região Metropolitana de Goiânia.
Corrobora com a avaliação dele a sócia-proprietária da Cervejaria Goyaz, Patrícia Mercês: “Tenho convicção de que teremos, nos próximos meses, mais investidores neste ramo. O número de fábricas aqui deve aumentar em pelo menos 20% no próximo ano”, completou.

Com 15 anos de experiência à frente de uma das cervejarias artesanais mais tradicionais do Estado, produtora da premiada marca Colombina, Patrícia Mercês vai além e aposta no aumento expressivo do número de consumidores deste tipo de cerveja.

“No cenário nacional, a representatividade das artesanais corresponde a 1% do mercado quando comparadas com as grandes empresas. Isso significa oportunidade de crescimento, embora tenhamos o desafio de apresentar bem nosso produto ao público”, comenta Patrícia.
“O mercado é desafiador, pois ainda está em formação. Mas estamos preparados: temos hoje 24 funcionários e estamos com capacidade de produção de 70 mil litros por mês”, revela. Ela está à frente de uma empresa familiar que criou a primeira linha de cervejas regionais do Centro-Oeste.

Em 2018, segundo o Anuário da Cerveja elaborado pelo Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Goiás ocupou a 7ª posição no País com 25 cervejarias – em 2017, eram 21. Os dados compilados pelo Ministério da Agricultura no seu anuário ajudam a entender o entusiasmo dos cervejeiros goianos. Em 2018, o número de cervejarias cresceu 23% em todo o País em comparação com o ano anterior, somando 889 empresas e cerca de 17 mil produtos – deste total, 6,8 mil, entre cerveja e chope, foram registrados em 2018.

Mercado em expansão
“Começamos há quatro anos e 2019 tem sido o melhor para nós, até então. Ano após ano o mercado tem melhorado gradativamente”, diz Henrique Augusto, que comercializa os produtos da Cervejaria Lola na capital e Região Metropolitana, além de manter pontos de vendas em Aparecida de Goiânia, Inhumas, Anápolis, Pirenópolis, Brasília (DF), Palmas (TO) e em algumas cidades do Amazonas.

A Cervejaria Lola tem hoje quatro funcionários. Toda sua operação é terceirizada, o que a denomina, segundo jargão do meio, como “fábrica cigana”. Além de Henrique, que é o proprietário e que acumula as funções de diretor comercial e industrial, há dois vendedores externos e um auxiliar de logística. Seu volume de produção é de 12 mil litros/mês.

A convicção de que em 2020 mais e mais consumidores estarão dispostos a beber cervejas artesanais faz com que todo o lucro proveniente do faturamento da Cervejaria Lola seja reinvestido na marca. “Quando começamos não tínhamos capital de giro. Agora nossa meta é ter nossa própria fábrica”, conta o proprietário Henrique Augusto, ao informar que a meta da empresa é aumentar o faturamento em 25%.

A propósito, o 1º Censo das Cervejarias Independentes Brasileiras, realizado pelo Sebrae, também abordou esta questão. As respostas revelaram que 61% dos proprietários de cervejarias que responderam o questionário tiveram em 2018 faturamento melhor do que no ano anterior. Quanto às expectativas para este ano, 51% esperam faturar entre R$ 180 mil e R$ 360 mil.

O portal EMPREENDER EM GOIÁS tem como principal objetivo incentivar, apoiar e divulgar os empreendedores goianos com conteúdos, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.