quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024
Rio Verde: prefeitura amplia restrições ao comércio e serviços

Rio Verde: prefeitura amplia restrições ao comércio e serviços

A prefeitura de Rio Verde ampliou, a partir de hoje (08/06), as restrições para o funcionamento da maioria dos setores econômicos, especialmente no comércio e prestação de serviços. O decreto do prefeito Paulo do Vale, que tem validade de 180 dias, é justificado pelo aumento de pacientes contaminados por Covid-19 nas últimas semanas. Segundo a […]

8 de junho de 2020

A prefeitura de Rio Verde ampliou, a partir de hoje (08/06), as restrições para o funcionamento da maioria dos setores econômicos, especialmente no comércio e prestação de serviços. O decreto do prefeito Paulo do Vale, que tem validade de 180 dias, é justificado pelo aumento de pacientes contaminados por Covid-19 nas últimas semanas. Segundo a prefeitura, existem oficialmente 335 casos confirmados, mas devem ultrapassar os 650 confirmados nesta semana por conta de que apenas uma grande indústria na cidade informou que mais de 280 colaboradores testaram positivo. O total de óbitos confirmados até ontem é de 4 pessoas.

O decreto do prefeito praticamente determina o fechamento de todos os negócios que não são considerados essenciais. Atinge comércio de rua, lojas em shoppings centers, feiras, camelôs, restaurantes/bares, entre outros. Estão excluídos das restrições, além de supermercados e farmácias, estabelecimentos de saúde como clínicas e laboratórios (mas só podem atender em regime de plantão), clínicas veterinárias, postos de combustível, revendas de gás, transportadoras de cargas, transporte público, bancos e lotéricas, empresas de comunicação, de saneamento e energia elétrica e segurança privada.

Os hotéis poderão em até 30% de sua capacidade. Restaurantes e bares somente podem funcionar pelo sistema de entregas. Todas as indústrias foram poupadas das restrições pelo prefeito. As empresas que têm permissão para funcionar devem tomar várias medidas de precaução, como o uso obrigatório de máscaras protetoras para todos os funcionários e clientes. Até mesmo as pessoas que retornarem de viagem de cidades com casos confirmados de Covid-19 deverão ficar em quarentena obrigatória de 14 dias em suas residências e a prefeitura informou que poderá abordar todos que estiverem nas ruas e locais públicos para avaliar a necessidade deles estarem fora de suas residências.

O portal EMPREENDER EM GOIÁS tem como principal objetivo incentivar, apoiar e divulgar os empreendedores goianos com conteúdos, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.