quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024
Goiânia tem a maior alta do aluguel no País

Goiânia tem a maior alta do aluguel no País

O aumento acumulado em 12 meses na capital goiana chegou a 37,3% até julho último, segundo pesquisa da FipeZap+.

30 de agosto de 2023

Goiânia registrou novamente a maior alta no reajuste do aluguel nos últimos 12 meses entre as 25 cidades pesquisadas pelo FipeZap+ no País. O aumento acumulado na capital goiana chegou a 37,3% até julho último. Já o preço médio do metro quadrado ficou em R$ 32,83, com rentabilidade de 0,48%. O aumento nos preços de aluguel em Goiânia é mais do que o dobro da média nacional, que ficou em 16,2% no mesmo período.

No ranking geral das 25 cidades pesquisadas, Florianópolis ficou em segundo lugar com alta de 36,1%. Seguida por Curitiba (21,3%), Rio de Janeiro (19,8%), Fortaleza (18%), Belo Horizonte (16,5%), Porto Alegre (15,3%), Brasília (14,2%), São Paulo (14%), Recife (9,1%) e Salvador (7,9%).

Para Diego Amaral, advogado especialista em direito imobiliário, o aumento do preço dos insumos da construção civil para os novos empreendimentos depois de prontos acabam refletindo na locação de imóveis.

Preço médio

Comparando-se os resultados nas capitais, São Paulo (SP) apresentou o preço médio mais elevado (R$ 49,69/m²). Seguida por: Florianópolis (R$ 49,41/m²), Recife (R$ 44,53/m²), Rio de Janeiro (R$ 42,99/m²), Brasília (R$ 39,59/m²) e Belo Horizonte (R$ 34,76/m²).

Em contraponto, as capitais monitoradas pelo Índice FipeZAP+ com os menores valores de locação residencial incluíram Fortaleza (R$ 26,63/m²), Porto Alegre (R$ 30,00/m²), Salvador (R$ 31,59/m²) e Goiânia (R$ 32,83/m²).

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.