terça-feira, 27 de fevereiro de 2024
BYD expande rede de concessionárias em Goiás

BYD expande rede de concessionárias em Goiás

Até dezembro, a multinacional vai abrir mais sete lojas no Estado com investimentos da ordem de R$ 30 milhões.

12 de outubro de 2023

Montadora chinesa BYD, maior fabricante de carros eletrificados, terá nova concessionária em Goiânia

A montadora chinesa BYD, maior fabricante de carros eletrificados do mundo, está ampliando a sua rede de concessionárias em Goiás. Até dezembro, a multinacional vai abrir mais sete lojas com investimentos da ordem de R$ 30 milhões. Esse projeto está dentro do plano estratégico da empresa de levar seus carros eletrificados até o interior do Brasil. Além de se tornar a marca líder do mercado nacional, a exemplo do que já ocorre na China.

A marca terá lojas nas cidades de Anápolis, Aparecida de Goiânia, Rio Verde, Jataí, Catalão e Itumbiara. Além da loja de Goiânia, que estará sob a responsabilidade de um novo grupo com a saída da Eurobike da operação. As informações são do conselheiro especial da BYD no Brasil, Alexandre Baldy. Em todo o Brasil, o projeto prevê a abertura de 100 concessionárias ainda este ano.

Além de ampliar sua rede de concessionárias, a BYD poderá fazer outros investimentos no Estado. O governador Ronaldo Caiado tem missão comercial marcada para novembro à China. Onde se reunirá com a diretoria da empresa para tratar de investimentos no Estado.

Mercado

Os carros da montadora chinesa chegaram no Brasil em 2021 e são sucesso de vendas. Para garantir o crescimento no mercado brasileiro e da América Latina, a empresa está construindo uma fábrica no município de Camaçari, na Bahia.

O lançamento da pedra fundamental ocorreu na última segunda-feira (9/10) com as presenças do fundador e CEO global da empresa, Mr Wang Chuanfu. E da CEO para as Américas, Stella Li.

No complexo industrial da Bahia, o primeiro fora da China, serão investidos R$ 3 bilhões e gerados 6 mil empregos diretos. Serão 3 unidades no local: a montadora de carros elétricos e híbridos, uma fábrica de chassis de ônibus e caminhões elétricos e uma indústria de processamento de lítio e fosfato para baterias. Também haverá um Centro de Treinamento e Desenvolvimento.

Saiba mais: Vendas de veículos novos têm forte queda em Goiás

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.