terça-feira, 18 de junho de 2024
Redesim: 245 municípios goianos aderem a rede nacional

Redesim: 245 municípios goianos aderem a rede nacional

Com o sistema, prefeituras reduzem a burocracia para abertura de empresas. Em 2019, menos de 50 municípios goianos estavam na Redesim.

16 de novembro de 2023

A Junta Comercial de Goiás (Juceg) mobilizou os 246 municípios goianos para operarem na Redesim, a rede nacional para a simplificação do registro e legalização de empresas e negócios. Resultado: 245 municípios goianos já implantaram o sistema que disponibiliza, em um único local, todos os entes necessários para abertura de um negócio. A única exceção foi a prefeitura de Santa Helena.

Na Redesim estão os órgãos de registro (juntas comerciais, cartórios de registro civil de pessoas jurídicas e OAB), as administrações tributárias no âmbito federal, estadual e municipal e os órgãos licenciadores. Em especial Corpo de Bombeiros, Vigilância Sanitária e Meio Ambiente. Com o sistema, a prefeitura reduz a burocracia necessária para abertura de empresas, fazendo com que o empreendedor ganhe tempo e acelere todo o trâmite.

Tempo de abertura

No início de 2019, menos de 50 municípios goianos tinham aderido ao sistema. No final de outubro, a diretoria de Tecnologia e Redesim da Juceg celebrou a 245º adesão de cidades à plataforma. A Juceg trocou a papelada pela versão digital dos documentos, investiu na Redesim e reduziu o tempo para se abrir uma empresa.

“Em 2021, reduzimos para nove horas o tempo gasto para se emitir um novo CNPJ em Goiás. Antes, levava dias e até meses. Também naquele ano rompemos a marca histórica de 33 mil empresas abertas, feito que queremos repetir em 2023”, ressalta Euclides Barbo Siqueira, presidente da Juceg.

Saiba mais: Goiás ganha mais 28 mil empresas neste ano

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.

Últimas Publicações Últimas Publicações