segunda-feira, 26 de fevereiro de 2024
Goiânia tem prédio mais tecnológico do Centro-Oeste

Goiânia tem prédio mais tecnológico do Centro-Oeste

Nova sede do Grupo Soluti adota soluções que a tornam apta a obter a certificação internacional Leed Gold.

23 de novembro de 2023

Estações de trabalho não se dividem por paredes ou qualquer outro tipo de barreira

Goiânia tem atualmente o prédio mais tecnológico e sustentável do Centro-Oeste. Trata-se da nova sede do Grupo Soluti, empresa de tecnologia, inaugurada recentemente no Jardim Goiás. Os investimentos somaram R$ 70 milhões em instalações físicas e equipamentos. O edifício tem três pavimentos em uma área total de 4,5 mil metros quadrados.

Além das soluções tecnológicas, o prédio também se destaca por ser sustentável, ao atender um conjunto de critérios e práticas recomendadas para a construção verde. A adoção desse conceito torna a edificação apta a conquistar a Certificação Leed Gold, concedida pelo US Green Building Council (USGBC).

Do controle de acesso, passando por diversos sistemas de automação, de recepção de energia e de geração própria, inclusive fotovoltaica. Até um robusto sistema de segurança contra invasões. A fachada transparente usa vidros especiais (únicos no Centro-Oeste), que proporcionam conforto térmico e aproveitamento da luz natural. O mobiliário é, em grande parte, construído com materiais recicláveis.

Segurança

As soluções inovadoras na nova sede do Grupo Soluti começam pelo subsolo, que conta com vestiário, bicicletário e estacionamento para 57 veículos com pontos de recargas para elétricos. Há também área destinada ao controle seletivo de resíduos. No mesmo piso, existe uma guarita inviolável, que adota o conceito cela de segurança. A vigilância tem visão 360º de todo o prédio.

Os equipamentos de suporte, como bombas de água, redes e geradores de energia contam com sistemas de redundância. Se um falhar, o sistema reserva entra automaticamente em operação. O edifício conta ainda com três geradores de 625 KVAs, suficientes para abastecer dois bairros de pequeno porte, além de dois transformadores de 1.500 KVAs.

A fachada transparente usa vidros especiais (únicos no Centro-Oeste), que proporcionam conforto térmico e aproveitamento da luz natural

Coworking

Parte da nova sede, aberta ao público, tem amplo espaço de coworking e cafeteria. Ao chegar no local, o único contato necessário é com o recepcionista, que valida o acesso após conferir os dados cadastrados no sistema. A tecnologia adotada também permite, por meio de um aplicativo, fazer os agendamentos nas salas de reunião, proporcionando flexibilidade e agilidade. “Usando apenas um aplicativo no smartphone, é possível ter acesso a todas as informações sobre as estações de trabalho”, frisa Marcelo Castro, gerente administrativo do Grupo Soluti.

No segundo pavimento, as equipes da empresa estão dispostas em estações de trabalho que não se dividem por paredes ou qualquer outro tipo de barreira. É equipada com móveis exclusivos, espaços para reuniões mais informais e uma sala que se projeta do segundo andar em direção ao lobby. “Todos trabalham juntos, inclusive os diretores, no mesmo espaço, ficando apenas agrupados, conforme a área a que pertencem”, diz Marcelo Castro. Ao lado das estações de trabalho, se destaca o terraço, com a copa, mesas, cadeiras, e espreguiçadeiras dispostas ao ar livre.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.

One thought on “Goiânia tem prédio mais tecnológico do Centro-Oeste”

  1. João Garibaldi Filho disse:

    Muito lindo