quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024
Rodovalho Advogados expande a sua atuação

Rodovalho Advogados expande a sua atuação

Banca completará 25 anos de mercado em 2024 como referência nas áreas tributária, empresarial, imobiliária e ambiental, entre outras.

6 de dezembro de 2023

Flávio Rodovalho, Cynthia Almeida e Eléia Alvim: atuação no segmento empresarial

O escritório Rodovalho Advogados, que completará 25 anos em 2024, consolidou-se como referência nas áreas tributária, empresarial, imobiliária e ambiental, entre outras. Atualmente, o escritório tem 363 clientes ativos e contabiliza 1.690 atendidos. Recentemente, conquistou o primeiro lugar na premiação da Análise Advocacia, como escritório mais admirado na categoria abrangente em Goiás. E o quarto no ranking nacional, na categoria que engloba os setores econômico, comércio e abrangente.

Sócio-fundador, o advogado Flávio Rodovalho relata que o escritório tem forte atuação na área tributária. Mas expandiu sua expertise para outros ramos do direito, como imobiliário, ambiental e área societária e de planejamento sucessório. Todas bastante sensíveis para o segmento empresarial.

“Ao longo desses quase 25 anos, assessoramos praticamente todas as entidades empresariais”, diz Flávio Rodovalho, citando a Fieg, Fecomércio e Acieg. A Adial Goiás é cliente da banca há mais de 15 anos.
Desde o Produzir até o Pró-Goiás, todos os programas de benefícios fiscais foram acompanhados pelos advogados do escritório, o que atraiu grande parte dessas empresas. “Temos foco maior nos grupos locais”, observa Flávio, pontuando que a atuação vem aumentando no direito imobiliário, com shoppings e grandes players.

“Atuando no contencioso administrativo tributário, a expansão para o direito ambiental como área correlata agrega muito para o cliente, que precisa de uma assessoria muito especializada”, acrescenta Cynthia Almeida de Oliveira, gestora geral do escritório.

Perspectivas

Para o futuro, os sócios do Rodovalho Advogados destacam que é preciso se preparar para as inovações, especialmente a Inteligência Artificial. Cujos avanços vêm sendo acompanhados e estudados devido aos impactos que já têm na advocacia. “Temos de estar preparados para saber o que virá”, aponta Cynthia.

Outra sócia, Eléia Alvim Barbosa, responsável pela área tributária do escritório, vislumbra um grande desafio com a reforma tributária, que está sendo votada no Congresso Nacional. “Ela será um divisor de águas, com conceitos novos, dos quais ainda não temos ideia”, ressalta.

Eléia cita como exemplo a alíquota do IBS, o novo Imposto sobre Bens e Serviços, que ainda não está definida. Ela diz que todas as discussões vêm sendo acompanhadas de perto e acredita que haverá aumento da litigiosidade com a reforma tributária. “São competências diferentes, por exemplo, de IBS e CBS, será preciso lidar com um novo contencioso”, diz.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.