terça-feira, 18 de junho de 2024
Hub Goiás acelerou 51 negócios em seu primeiro ano

Hub Goiás acelerou 51 negócios em seu primeiro ano

O governo de Goiás apoiou neste ano a aceleração 51 novos negócios de inovação por meio dos programas AceleraGO e Madurar.

16 de dezembro de 2023

O governo de Goiás apoiou neste ano a aceleração 51 novos negócios de inovação. Por meio de dois programas: AceleraGO e Madurar, que finalizaram seus primeiros ciclos nesta quinta-feira (14/12), no Hub Goiás, em Goiânia.

Executado pela Fundação de Amparo à Pesquisa do Estado de Goiás (Fapeg) em parceria com a Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), o AceleraGO fomentou 29 negócios inovadores que estavam em estágio inicial.

Essas empresas foram as que chegaram à fase final do programa, dentre as 35 selecionadas pelo edital. E receberam durante 10 semanas capacitação empreendedora, mentorias e conexão com potenciais parceiros comerciais, investidores e clientes.

O programa contou com 130 inscritos e recebeu apoio do hub InovAtiva, conjunto de ações e programas voltado a empresas, startups e ecossistemas de empreendedorismo inovador, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC) em parceria com o Sebrae. O suporte técnico e metodológico foi realizado pelas fundações Certi e Wadhwani.

O Madurar fechou o ano com 22 novos negócios que chegaram à fase final. O programa, feito pela Secti e Hub Goiás, ofereceu 10 horas de mentoria para cada empresa, além de 40 horas de workshops, distribuídas ao longo de 10 semanas.

Referência

CFO do Almob, empresa que participou do AceleraGO, Márcio Ramos elogia o programa: “Foram 10 semanas de muito aprendizado. Com isso, conseguimos ajustar muito do nosso processo e melhorar nosso produto”, diz.

Já Weber Stival, da Unolife, afirma que o Madurar contribuiu com o desenvolvimento de seu negócio. “Nos trouxe conhecimento, networking e parcerias gratuitamente”, frisa.

“Goiás já é referência em uma série de aspectos. Estamos aqui para mostrar que o estado também pode ser referência em inovação”, diz o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, José Frederico Lyra Netto.

“O Hub Goiás está em funcionamento há pouco tempo, mas já fomentou mais de 50 negócios inovadores. Isso mostra como precisamos cada vez mais incentivar e desenvolver esse potencial existente no estado, e mostrar isso ao Brasil inteiro”, frisa a gerente de inovação do Hub Goiás, Karol Fernandes.

Leia também: Inovação avança entre as cooperativas goianas

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.

Últimas Publicações Últimas Publicações