quinta-feira, 18 de julho de 2024
Governo anuncia concessão de várias rodovias em Goiás

Governo anuncia concessão de várias rodovias em Goiás

Governo pretende leiloar 13 rodovias neste ano, com previsão de R$ 122 bilhões em investimentos privados. Boa parte fica em Goiás.

10 de janeiro de 2024

A rodovia GO-020, entre Goiânia e Bela Vista, está na lista para ser concedida à iniciativa privada

O governo pretende promover 13 leilões de rodovias em 2024, com previsão de R$ 122 bilhões em investimentos privados. Segundo informou nesta quarta-feira (10/1) o ministro dos Transportes, Renan Filho. Das 13 rodovias, quatro são BRs que cortam Goiás.

Os trechos goianos são: BR-364, de Jataí a Rondonópolis (MT); BRs 153 e 262, entre Goiás e Minas Gerais; BR-040, entre Belo Horizonte e Cristalina; e BRs 060 e 452, entre Rio Verde, Goiânia e Itumbiara.

Detalhe: no programa de concessão para a iniciativa privada, o governo federal também incluiu quatro rodovias estaduais em Goiás. São elas: as GOs 020 (Goiânia a Bela Vista), 060 (Goiânia a Piranhas), 070 (Goiânia a Matrinchã) e 080 (Goiânia a Santo Antônio de Laguna).

Em outubro do ano passado, o governo de Goiás assinou acordo de cooperação com o governo federal para estruturar e oferecer conjuntamente contratos de concessão de rodovias no estado. O acordo prevê a licitação para as quatro rodovias goianas, totalizando 637 quilômetros. As rodovias estaduais permanecerão sob controle do governo de Goiás até a assinatura do contrato de concessão.

Outros Estados

As outras rodovias estão localizadas em Mato Grosso, Minas Gerais, Paraná, Rio de Janeiro e Rondônia. Os empreendimentos, segundo estimativa do ministro, podem atingir R$ 122 bilhões em investimentos ao longo dos contratos, que costuma durar 30 anos.

Renan informou ainda que o governo pretende atualizar 14 contratos de rodovias que hoje estão com problemas, com investimento adicional de R$ 110 bilhões. Quatro contratos são fruto de um grupo de trabalho criado pela pasta e já estão aguardando parecer do Tribunal de Contas da União (TCU). Outros dez pediram readequação por meio da portaria.

Rodovias que devem ser privatizadas:

• BR-381, de Belo Horizonte a Governador Valadares (MG)
• BR-040, de Belo Horizonte a Juiz de Fora
• BR-364, de Jataí (GO) a Rondonópolis (MT)
• BRs-153/262, entre Goiás e Minas Gerais
• BR-262, entre Uberaba e Betim (MG)
• BR-040/MG/GO, entre Belo Horizonte e Cristalina (GO)
• BR-040 entre Juiz de Fora (MG) e Rio de Janeiro
• BRs-070/174/364 entre Vilhena (RO) e Cuiabá
• BRs-369/373/376/PR e PRs-170/232/445/090 Lote no Paraná
• BRs-060/452 entre Rio Verde, Goiânia e Itumbiara (GO)
• BRs-163/277/PR e PRs-158/180/182/280/483 no Paraná
• BR-364 entre Porto Velho e Vilhena (RO)
• Rodovias estaduais de Goiás GOs-020/060/070/080

Saiba mais: BNDES e Estado querem privatizar 1,1 mil km de rodovias

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.