segunda-feira, 4 de março de 2024
Setor de serviços cresce 3,7% em Goiás

Setor de serviços cresce 3,7% em Goiás

De acordo com o IBGE, o setor de serviços apresentou 34ª alta seguida em Goiás quando comparado com os mesmos meses de 2022.

16 de janeiro de 2024

O segmento de serviços de informação e comunicação foi o que mais cresceu em Goiás

O volume de serviços prestados em Goiás cresceu 3,7% em novembro do ano passado, quando comparado ao mesmo mês de 2022. Foi a 34ª alta consecutiva, de acordo com o IBGE. Assim, o acumulado de janeiro a outubro é de 6,9%. Em 12 meses, de 6,8%.

No entanto, o setor de serviços apresentou queda de 1,6% em novembro, na comparação com o mês imediatamente anterior. Isso, após ter caído 0,7% em outubro, na mesma base de comparação, sendo a quarta queda mensal seguida e a quinta do ano.

Atividades

Três das cinco atividades investigadas pelo IBGE foram responsáveis pelo aumento de 3,7%. São elas: serviços de informação e comunicação (8,2%), transportes, serviços auxiliares aos transportes e correio (6,8%) e serviços prestados às famílias (1,8%).

Todas apresentaram acumulados positivos de janeiro a novembro de 2023, com variações de 10,9%, 10,9% e 0,2%, respectivamente.

Em contrapartida, os serviços profissionais, administrativos e complementares (-1,8%) e outros serviços (-4,1%) registraram no período comparado. Desses, apenas o primeiro tem acumulado negativo em 2023 (-1,8%) até o momento.

Turismo

O setor de turismo em Goiás acumula alta de 2,2% no ano e de 2,3% nos últimos 12 meses. Mas nas comparações de outros períodos, o setor não teve resultados positivos.

Conforme o IBGE, foram registradas quedas de 4,1% em novembro quando comparado com outubro de 2023 e de 4,2% na comparação com novembro de 2022.

Brasil

O volume de serviços no Brasil cresceu 0,4% em novembro em relação a outubro, interrompendo uma sequência de três meses de resultados negativos do setor. Na comparação com o mesmo mês do ano passado, houve queda de -0,3%.

No indicador acumulado do ano, o volume de serviços mostra alta de 2,7% frente ao mesmo período de 2022. Já no acumulado dos últimos 12 meses, o crescimento foi de 3%.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.