segunda-feira, 15 de abril de 2024
Rio Verde pode atrair uma montadora de veículos

Rio Verde pode atrair uma montadora de veículos

Geraldo Alckmin revelou que várias montadoras têm interesse de investir no Brasil atraídas pelo novo programa de incentivos federais.

23 de fevereiro de 2024

Geraldo Alckmin confirma para deputados goianos o interesse de várias montadoras de investir no Brasil

O vice-presidente e ministro do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços, Geraldo Alckmin, deve em breve visitar Rio Verde para avaliar a infraestrutura da região. O objetivo é atrair uma nova montadora de veículos para Goiás. Ele revelou nesta quinta-feira (22/2) para um grupo de deputados goianos que várias montadoras de veículos têm demonstrado real interesse de investir no Brasil.

Atraídas, principalmente, pelo novo programa de incentivos do governo federal para o setor automotivo, focado nos veículos híbridos e elétricos. Trata-se do programa Mobilidade Verde e Inovação (Mover), que prevê mais de R$ 19 bilhões em incentivos fiscais para empresas investirem em descarbonização.

O deputado estadual Karlos Cabral (PSB), que participou da reunião no gabinete de Alckmin em Brasília, disse estar otimista. “Convidamos o vice-presidente Alckmin para visitar Rio Verde e conhecer melhor a infraestrutura do nosso município, como a nossa plataforma multimodal. Temos todas as condições de receber uma montadora de veículos de grande porte”, afirmou.

O parlamentar destacou a posição estratégica de Rio Verde, próxima dos grandes centros consumidores do Brasil, com rodovias duplicadas, ferrovias e aeroporto. Também frisou que o Senai oferece moderna estrutura para capacitar profissionais ao setor automotivo.

Incentivos

“O governo de Goiás oferece um competitivo programa de incentivos fiscais para atração de investimentos e o Congresso Nacional prorrogou para até 2032 os incentivos federais para o setor automotivo investir no Centro-Oeste”, enfatizou Karlos Cabral.

O deputado lembrou que Goiás tem duas montadoras de veículos de grande porte: a Mitsubishi em Catalão e a Caoa Cherry em Anápolis. Recentemente, a multinacional chinesa Shandong Heavy Industry também anunciou interesse de instalar uma fábrica de motores, máquinas agrícolas e de embarcações em Goiás. Provavelmente em Itumbiara.

“Vamos trabalhar agora, juntamente com os governos federal e de Goiás para que possamos trazer uma montadora para Rio Verde. Já demos o primeiro passo neste sentido. Em breve, teremos uma extensa agenda com Geraldo Alckmin no município, onde ele vai conhecer melhor a infraestrutura da região e o seu potencial para atrair investimentos do setor automotivo”, frisa Karlos Cabral.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.

3 thoughts on “Rio Verde pode atrair uma montadora de veículos”

  1. Luiz. Carlos sales da costa. disse:

    Muito bom para o BRAZIL jirar empregos e inpostos

  2. Marcos fé disse:

    Toda montadora tem que margiar o trajeto da ferrovia norte sul, insistir no contrário é navegar na incerteza do privilégio dos políticos eleitoreiros..

  3. Delcimar Carvalho Ormandes disse:

    Parabéns deputado Carlos kabral. Rio Verde merece. Q seja bem vinda….isso é só a primeira de mtas q viram….