segunda-feira, 15 de abril de 2024
Vince Barbearia inova para crescer no mercado

Vince Barbearia inova para crescer no mercado

Com pouco mais de um ano no mercado, a barbearia em Goiânia realiza aproximadamente 400 atendimentos por mês.

2 de março de 2024

Hiago Lopes: “O nosso objetivo é dar ao cliente atenção completa para que ele retorne e usufrua de uma boa experiência”

O terceiro ano do ensino médio foi palco para um jovem barbeiro mostrar o seu talento e despertar o lado empreendedor. Cortando os cabelos de amigos, ele não imaginaria que, mais tarde, abriria uma das maiores barbearias de Goiânia: a Vince.

Com pouco mais de um ano de mercado, o estabelecimento no Setor Marista se consolidou. Consegue realizar aproximadamente 400 atendimentos por mês.

O sucesso para isso, de acordo com o sócio-fundador Hiago Lopes, foi investir em um atendimento humanizado e acolhedor. Atualmente, destaca, quem vai a uma barbearia busca ir além de um serviço de corte e cabelo.

Para o futuro, Hiago adianta que a Vince pode ganhar uma nova unidade na capital e que o sonho de expansão deve atingir cidades da Grande Goiânia.

Inovação

“Eu vejo que o mercado exige inovação a cada dia. A gente fica para trás tentando sobreviver apenas com corte e barba. Por isso, estamos implantando agora o visagismo, que tem virado moda. O público está mais exigente e a gente vem estudando os nossos clientes para não ficar para trás”, afirma.

O mercado voltado para beleza tem se impulsionado nos últimos anos. De acordo com o último levantamento realizado pelo Sindicato das Empresas de Barbearias e Institutos de Beleza de Goiás (Sindibeleza), o mercado cresceu 9% em 2022.

Com isso, Goiás conta com mais de 5 mil barbearias, de todos os tipos. Desde as mais tradicionais até aquelas que oferecem serviços personalizados.

A Vince se encaixa nesta última categoria. São 19 serviços ofertados. Além do tradicional corte e barba, o estabelecimento oferece barboterapia, coloração, depilação em várias partes do corpo, lavagem, hidratação, sobrancelha, penteado e maquiagem.

“O nosso objetivo é dar ao cliente atenção completa, para que ele retorne e usufrua de uma boa experiência”, pontua.

Começo

Natural de Itumbiara, Hiago conta que, quando estava no terceiro ano, lavava carro dos amigos para ganhar uns trocados. Em um determinado dia, recebeu o convite para cortar o cabelo dos amigos. Intitulado como auto ditado, ele conta que sempre teve facilidade de aprender apenas observando.

“Eu nunca fiz um curso. Sempre observei cortes e buscava melhorar. Os meus amigos gostavam do corte e um deles me indicou para uma barbearia profissional. Fui lá, fiz o teste e passei”, conta.

Neste local, Hiago ficou nove anos e decidiu sair para tentar a vida em Goiânia. Porém, não queria trabalhar no ramo e montou uma loja na 44. Mas, como coincidiu com o período da pandemia, teve que fechar a loja e voltou a trabalhar em uma barbearia.

“Eu fiquei lá por nove meses e, em seguida, voltei para Itumbiara. Montei um estúdio de barbeiro, onde só eu trabalhava. Porém, recebi uma ligação de um cliente que era de Itumbiara e estava em Goiânia e pediu para que eu cortasse o cabelo dele. Levei meus materiais e comentei que tinha vontade de voltar para montar uma barbearia de, no máximo, três cadeiras. Ele, porém, perguntou se não queria algo maior e fiquei de estudar a proposta. Depois de quatro a cinco meses, montamos a Vince”, afirma.

Hoje, a empresa tem sete funcionários, entre barbeiros, auxiliares e recepcionista. Apesar disso, Hiago afirma que tem dificuldade em encontrar profissionais, já que barbeiros profissionais têm clientes fixos. “A gente tem recrutado profissionais intermediários, aperfeiçoando-os para que eles consigam criar a sua própria cartela de clientes”, ressalta.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.