terça-feira, 18 de junho de 2024
Jovens goianos são estimulados a empreender

Jovens goianos são estimulados a empreender

Projeto da Junior Achievement já proporcionou mais de 240 mil experiências de aprendizado a jovens goianos.

25 de maio de 2024

Com as orientações recebidas, Fernando Lima Alves já pensa em abrir uma empresa com o seu irmão mais velho, no ramo de estética de motos.

Fernando Lima Alves, 17 anos de idade, estudante da rede pública da Escola do Futuro, e Melissa Silva de Azeredo, 16 anos, da escola privada Colégio Integrado Areião, têm algo em comum. Ao lado de outros 113 jovens goianos, estão tendo a oportunidade única de receberem orientações e incentivos para se preparem para o mercado de trabalho. Mais que isso: de se tornarem donos do próprio negócio, através do Programa Miniempresa.

O projeto é da Junior Achievement (JA) Goiás, que promove ações e programas de empreendedorismo jovem, com atuação em mais de 100 países. Em Goiás, a JA atua há 22 anos.

Fernando afirma ao EMPREENDER EM GOIÁS que, desde março último, a sua veia de empreendedorismo não para de pulsar forte. Quando ingressou no projeto de construir uma miniempresa, ao lado de outros 16 colegas da escola. No momento, está envolvido na Uai Essências, que produz kits de velas aromáticas que repelem insetos.

Contudo, no futuro, Fernando já pensa em abrir uma empresa com o seu irmão mais velho, no ramo de estética de motos. “Falta apenas o capital de giro para iniciar o negócio. Na escola, através da Junior Achievement (JA) Goiás, já estou aprendendo a formatar uma empresa. desde a parte administrativa, financeira, produção, vendas e principalmente trabalhar em equipe”, diz.

Experiência

Ter o próprio negócio é também o projeto de vida de Melissa Silva de Azeredo. Ela conta que na escola que estuda, o Colégio Integrado Areião, sempre teve ação da Junior Achievement. Este ano ela se inscreveu no projeto. Ao lado de outros 12 colegas montaram a ZenUs S.A. para produzir incenso com suporte.

“Além da carga curricular, estou adquirindo experiência sobre como criar e gerir um negócio”, conta Melissa. Ela pretende se formar em psicologia e abrir um consultório, mas depois de se especializar em alguma universidade estrangeira.

Melissa conta que 12 colegas participam da miniempresa ZenUs. Muitos já pensaram em desistir do projeto. Contudo, quando pensam no futuro todos persistem no aprendizado.

Melissa Silva de Azeredo: “Além da carga curricular, estou adquirindo experiência sobre como criar e gerir um negócio

Impacto

A diretora executiva da Junior Achievement Goiás, Marisa Brandão Martins, disse que a instituição já proporcionou mais de 240 mil experiências de aprendizado a jovens goianos. Muitos seguiram em frente abrindo o próprio negócio ou mesmo ocupando cargos importantes em outras empresas.

O importante do programa, segundo ela, é o impacto que ele produz nos jovens. “Eles se tornam empreendedores da própria vida, aprendem a se posicionar no mercado, a trabalhar em equipe, adquirem resiliência e perseverança, desenvolvem habilidades e aumenta a própria responsabilidade”, observa Marisa.

Feira

Os produtos artesanais que as miniempresas Uai Essências e a ZenUs estão fabricando, além das outras – Candle Mist, do Sesi AP; Wave do Sesi Campinas; OctoPulse, do Colégio Integrado Jaó e da Pop Key, do IFG Trindade – estarão expostos na Feira de Miniempresas que acontece no 1º de junho, das 10 às 22 horas, no Flamboyant Shopping Center.

Por meio desse projeto da AJ, estudantes do ensino médio de seis escolas estão aprendendo, na prática, como funciona uma empresa. Com o apoio de voluntários e da metodologia da organização, esses jovens criaram suas miniempresas e estão administrando o próprio negócio.

Durante a feira, eles irão expor seus produtos ao grande público e colocar em prática suas técnicas de vendas, estratégias de divulgação, entre outras habilidades.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.

Últimas Publicações Últimas Publicações