terça-feira, 18 de junho de 2024
Cerca de 580 mil pessoas devem comprar presentes

Cerca de 580 mil pessoas devem comprar presentes

Sondagem da CDL Goiânia revela que o tíquete médio dos presentes deverá ficar acima de R$ 188 por item

3 de junho de 2024

A CDL Goiânia (Câmara de Dirigentes Lojistas) aposta no comércio movimentado no Dia dos Namorados. Uma sondagem mostrou que 70% dos consumidores pretendem presentear. Ou seja, cerca de 580 mil pessoas deverão ir às compras.

A injeção de recursos na economia local deve ultrapassar a casa dos R$ 110 milhões. Isso, considerando a população economicamente ativa residente na capital, e sem levar em conta o turismo de compras ou a Região Metropolitana.

O ticket médio dos presentes para o Dia dos Namorados deverá ficar acima de R$ 188 por item, sendo que cada consumidor deve adquirir cerca de dois produtos.

A maioria (39%) respondeu que deve investir o mesmo valor do ano passado, 33% afirmaram que vão aumentar os gastos e 11% disseram que vão diminuir os recursos empregados. No levantamento, um dado chama a atenção: dos que vão às compras, 93% informaram que irão realizar pesquisa comparativa de preços.

Locais

O levantamento da CDL Goiânia aponta ainda que os goianienses darão preferência aos shoppings na hora de adquirir os presentes (66%). Já para 23% dos entrevistados, as lojas de rua serão os estabelecimentos escolhidos. Os principais fatores apontados como diferenciais para a decisão de compra são: preço (29%) e variedade (21%).

Os dados ainda revelam que as roupas e os calçados são os itens preferidos por 48% dos participantes, seguidos por perfumes e cosméticos (19%) e joias e semijoias (14%). Quanto ao movimento no comércio, os compradores devem lotar as lojas entre os dias 3 e 09 de junho (64%), sendo que a maioria deverá optar pelo pagamento à vista (66%). 

Cautela

Para o presidente da CDL Goiânia, Geovar Pereira, apesar de um alto percentual de consumidores revelarem desejo de investir na data, ainda há fatores que mostram que eles estão cautelosos com os gastos.

“Neste levantamento do Dia dos Namorados, especificamente, notamos que o consumidor quer fazer mais comparações de preços e otimizar o dinheiro. Pode ser uma conjunção de fatores. Percepção de uma suposta inflação alta por causa dos preços de alguns produtos, como alimentos, achatamento da renda em alguns segmentos profissionais e até mesmo uma preocupação com o futuro”, frisou o dirigente. 

Na avaliação de Geovar Pereira, o resultado da sondagem conduzida pela CDL Goiânia serve de bússola para o lojista. “Se o consumidor deixou claro que o preço será um dos fatores decisivos, é importante que as empresas considerem fazer promoções, invistam em facilidades de pagamento e em ações de marketing para que o seu produto seja o mais atrativo”, conclui. 

O portal EMPREENDER EM GOIÁS tem como principal objetivo incentivar, apoiar e divulgar os empreendedores goianos com conteúdos, análises, pesquisas, serviços e oportunidades de negócios.

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.

Últimas Publicações Últimas Publicações