terça-feira, 18 de junho de 2024
Vendas de carros eletrificados continuam a crescer em Goiás

Vendas de carros eletrificados continuam a crescer em Goiás

De acordo com a ABVE, Goiânia passa a ser a 7ª cidade que mais vende carros eletrificados no país.

6 de junho de 2024

O BYD Dolphin Mini GS EV foi o carro eletrificado mais vendido em abril no país

As vendas de carros eletrificados cresceram 3,39% no mês de maio em Goiás, com 462 unidades. O estado permaneceu na oitava colocação. Goiânia, com 289 unidades vendidas, assumiu a 7ª colocação no ranking dos 50 municípios que mais emplacaram veículos leves eletrificados. Anápolis ficou em 41º lugar, com 51 unidades.

As informações são da Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE). A entidade informa que o mercado brasileiro emplacou em maio 13.612 veículos leves eletrificados (de todas as tecnologias) e chegou a 64.908 nos cinco primeiros meses do ano.

A liderança no mês continua com os veículos plug-in (com recarga externa), com 66,5% de participação nas vendas do segmento. Puxada principalmente pelos BEV 100% elétricos.

O resultado de eletrificados em maio representa um crescimento de 111,5% sobre maio de 2023 (6.435), embora com queda de 10,5% sobre abril (15.206). Já no acumulado de janeiro a maio, o total indica um aumento de 149% sobre o mesmo período em 2023 (26.014). Se a comparação for sobre os cinco primeiros meses de 2022 (16.354), o aumento é de 297%.

Conforme o presidente da ABVE, Ricardo Bastos, a participação de mercado (market share) dos eletrificados sobre o total das vendas domésticas de veículos leves (de todos os tipos de combustível) tem se mantido constante, em torno de 7% a 8%, desde o início do ano.

Mais vendidos

Em maio, o BYD Dolphin Mini (BEV, ou veículo elétrico a bateria) foi o mais vendido, com 3.143 emplacamentos. Em segundo lugar ficou o BYD Song Plus (PHEV, ou híbrido plug-in) com 1.699. A BYD ficou também em terceiro lugar com o Dolphin elétrico: 1.618 unidades.

Em quarto aparece o Haval H6, da GWM, com 1.609 vendas, porém somando as categorias (HEV, híbrido) e PHEV (híbrido plug-in). Por isso, a categoria de híbridos completos (HEV), o mais vendido foi o Toyota Corolla Cross, com 1.289 emplacamentos.

Outro carro elétrico, o Ora 03, da GWM, vem a seguir com 672 vendas. Depois, o mais vendido da categoria MHEV (semi-híbridos), o Tiggo 7, da Caoa Chery, com 403 registros no mês.
Modelos e montadoras

A BYD e GWM seguem na liderança do mercado de leves eletrificados no país. Em maio, a BYD foi responsável por 38,6% dos emplacamentos (5.254), enquanto a GWM ficou com 14,5% (1.972).

De janeiro a maio, só essas duas montadoras apresentaram ao mercado 18 modelos, sendo 16 deles elétricos plug-in.

As cinco montadoras que mais emplacaram (janeiro a maio)


1º – BYD – 27.238
2º – GWM – 9.988
3º – Toyota – 8.897
4º – CAOA Chery – 4.103
5º – Volvo – 2.970.

Os cinco modelos mais emplacados (janeiro a maio)

1º – SONG PLUS GS DM / BYD (PHEV) – 8.127
2º – DOLPHIN MINI GS EV / BYD (BEV) – 7.741
3º – DOLPHIN GS 180 EV / BYD (BEV) – 6.295
4º – CCROSS XRX HYBRID / TOYOTA (HEV flex) – 5.218
5º – HAVAL H6 PREM / GWM (HEV) – 2.91

Wanderley de Faria é jornalista especializado em Economia e Negócios, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA/FEA/USP - BM&FBovespa

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.

Últimas Publicações Últimas Publicações