quarta-feira, 28 de fevereiro de 2024
LedWave fará investimento de R$ 130 milhões

LedWave fará investimento de R$ 130 milhões

Maior fabricante de painel de LEDs da América Latina, empresa goiana quer diversificar a linha de seus produtos e investir na sua fintech.

3 de maio de 2023

Tiago Brito aposta nas fachadas vivas, uma novidade que vai revolucionar o mercado de comunicação visual

A empresa goiana LedWave anuncia investimentos superiores a R$ 130 milhões para o seu plano de diversificar a linha de produtos. Assim, o objetivo é acompanhar a velocidade com que as inovações tecnológicas se apresentam e se incorporam no cotidiano das pessoas mundo afora. A empresa com sede em Goiânia é a maior fabricante de painel de LEDs da América Latina e também proprietária da maior empresa de mídia out of home (grandes formatos) do País.

A princípio, a LedWave investirá neste ano de R$ 57 milhões em mídia. Assim, consolidará a expansão para mercados prioritários com painéis grandes e icônicos. Outra linha de investimento é na fintech, com aproximadamente R$ 75 milhões. Ademais, a mídia out of home (OOH) é a publicidade feita em formatos exteriores, que tem como exemplo mais notório a Times Square, em Nova York.

Para chegar a esses investimentos, o CEO da empresa, Tiago Brito, explica ao EMPREENDER EM GOIÁS (EG) que a LedWave está em um movimento de consolidação do crescimento e amadurecimento do grupo. “Hoje temos um conselho independente, com conselheiro externo, e somos auditados pela KPMG”, ressalta.

Atualmente, a empresa goiana trabalha com duas vertentes principais: mídia OOH e hardware, com a fábrica de painéis digitais. Outra linha é a de televisores gigantes, com até 165 polegadas e dimensões de até 5 por 3 metros (ou maior) destinados ao mercado de alto padrão. Com valor de venda de R$ 400 mil, um aparelho deste estará exposto na Casa Cor Goiânia de 2023.

Fachadas vivas

Tiago Brito aposta em uma novidade que acredita que vai revolucionar o mercado de comunicação visual: as fachadas vivas, construídas em vidro com 95% de transparência, que funcionam dia e noite. “Um prédio envidraçado é uma arquitetura viva e acreditamos que a arquitetura passará a ser mais dinâmica, com vitrines de grandes lojas interativas, cenográficas”, afirma.

Essa interatividade com os clientes, por meio do toque (de pegar mesmo) e da tecnologia deve marcar os PDVs, que são o principal objeto de trabalho da empresa. “Estamos trabalhando há cerca de três anos, desde a pandemia, na digitalização dos PDVs como lojas autônomas”, relata o CEO da LedWave. O resultado foi o lançamento, no ano passado, do primeiro painel de loja autônoma.

Trata-se de um painel de LED imantado e blindado. Nele são fixadas as gôndolas, por contato eletromagnético, com estrutura de radiofrequência. Quando o cliente pega um produto em exposição, por exemplo, o dispositivo é acionado e inicia um vídeo descrevendo as características daquele exemplar. Para Tiago, a ideia pode ser aproveitada em diversos locais, desde uma cafeteria até uma concessionária de veículos.

Fintech

Para dar escala nesse tipo de negócio, o grupo está finalizando a criação de uma fintech, para operar com investimento próprio. “Transformamos o capital de investimento a longo prazo do cliente em opex (despesas recorrentes). Trabalhamos fortemente para uma mudança cultural, para o conceito do SAS (as service). Ou seja, saímos do direito de propriedade para o benefício das coisas, um sistema igual a Netflix no campo da comunicação visual digital. Um modelo muito forte, que representará uma guinada grande para o varejo”, diz Tiago Brito.

“Eu assumo todo o risco pelo cliente e entrego tudo pronto, sem que ele precise se preocupar com a retroalimentação ou se vai cair em desuso. Isso cria um vínculo de longo prazo. Ele terá acesso ao que há de mais moderno no universo digital sem precisar entender tudo”, acredita.

Instalado em Brasília, o icônico Boulevard.live tem 1.125 metros quadrados de pura tecnologia

Icônicos

Há ainda os chamados projetos icônicos de publicidade. Nesse sentido, a LedWave lançou o Welcome São Paulo, um cinturão digital para atingir todos que chegam à maior praça do país, com dois painéis gigantes. “Investimos mais de 650 m2 de leds neste circuito que será inaugurado este mês. A ideia sobre os projetos icônicos é ter um efeito ” WOW “ nas maiores cidades do Brasil com esses espaços para publicidade e experiência”, explica Tiago Brito.

Além disso, a empresa conta com instalações em locais como Porto Alegre (RS), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Fortaleza (CE). sem falar no projeto dos icônicos de Brasília. “Há seis anos, a LedWave foi pioneira em trazer os painéis icônicos de grandes formatos e 3D para o Brasil”, diz o CEO. Depois de consolidar sua operação comercial nos Estados Unidos e a estratégia de insumos na China, a LedWave inicia neste mês visitas para futura operação na América Latina.

Leia também: MPOLLO vai construir a sua quarta fábrica

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.