segunda-feira, 4 de março de 2024
Complem vai investir R$ 50 milhões em expansão

Complem vai investir R$ 50 milhões em expansão

A cooperativa de Morrinhos estima que seu faturamento anual deve aumentar em R$300 milhões quando concluir os novos investimentos.

6 de outubro de 2023

Sérgio Penido, presidente da Complem: cooperativa comprou área da Cisal, no Distrito Agroindustrial de Morrinhos (GO)

A Cooperativa Mista dos Produtores de Leite de Morrinhos (Complem) fará investimentos de R$ 50 milhões em um novo centro de distribuição. Para isto, adquiriu recentemente uma área da Cisal, no Distrito Agroindustrial de Morrinhos (GO), por R$ 10 milhões. A estrutura abrigará um depósito para rações e suplementos minerais e uma Unidade Beneficiadora de Sementes (UBS). A cooperativa estima que seu faturamento anual deve aumentar em R$300 milhões quando estiver em plena atividade.

Presidente da Complem, Sérgio Penido informa que as adequações na nova área vão acontecer até dezembro de 2023. As câmaras frigoríficas e a unidade de tratamento de sementes têm conclusão prevista para a próxima safra. A finalização das demais obras da UBS está prevista para 2025.

Presidente do Sistema OCB/GO, Luís Alberto Pereira enfatizou que a aquisição aumenta a capacidade de armazenagem e de produção da Complem. Também é reflexo do crescimento do cooperativismo em Goiás, especialmente no ramo do agronegócio. “Na esteira desse crescimento, outros ramos, como o cooperativismo de crédito e de transporte, também são impactados positivamente”, enfatiza.

Expansão

A área do complexo industrial da Complem, de 185,3 mil metros quadrados, terá acréscimo de 143,4 mil metros com a aquisição, chegando a quase 330 mil. Ou seja: expansão de 77%. O investimento fortalece o cooperativismo na região Sul de Goiás, aumentando a oferta de produtos e serviços aos cooperados da Complem.

A cooperativa armazena a produção de grãos (milho, soja e sorgo) de seus cooperados, destinando-os à comercialização ou para produção de ração animal, fornecida aos produtores para suas atividades de bovinocultura de corte e leite. Também fornece aos produtores uma linha completa de minerais e proteinados, produzidos em suas fábricas de ração e sal.

Seus cooperados também entregam a produção de leite, transformada em produtos lácteos comercializados com a marca Compleite. A Complem ainda atua em ramos de varejo (farmácia, postos de combustíveis, lojas agropecuárias e supermercado).

Leia também: Cooperativas de infraestrutura têm forte crescimento

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.

One thought on “Complem vai investir R$ 50 milhões em expansão”

  1. Sueli disse:

    Qual investimento será feito para o leite?