quarta-feira, 29 de maio de 2024
Cerradinho Bioenergia cresce com produção em Goiás

Cerradinho Bioenergia cresce com produção em Goiás

Apesar do aumento da produção de etanol, a empresa registrou queda no faturamento por conta dos preços no mercado.

16 de novembro de 2023

A Cerradinho Bioenergia registrou crescimento da sua produção no acumulado do ano da safra 2023/24. Nos seis meses, a moagem somou 5,7 milhões de toneladas de cana-de-açúcar equivalente, aumento de 8% em relação ao mesmo período do ano anterior. Com esta moagem, produziu 493 mil m³ de etanol. Sendo 310 mil m³ de a partir da cana-de-açúcar e 182,8 mil m³ de etanol equivalente (hidratado + anidro) a partir da matéria-prima milho.

A maior moagem de milho no período se deve à expansão da planta da Neomille, em Chapadão do Céu (GO). Trouxe um aumento de 42,2% em relação ao mesmo período do ano anterior. Como efeito, os coprodutos também trouxeram crescimento no período, com o DDGs aumentando a produção em 37,7% e o óleo em 83,7%.

A empresa atua no setor sucroenergético e produz etanol e seus coprodutos a partir de matéria-prima renovável, como a cana e o milho. Pelo lado da produtividade, apresentou uma melhora de 7,4%, efeito da renovação das áreas com baixa produtividade e correção no manejo.

Desafios

“Este segundo trimestre foi marcado pelo crescimento na produção de etanol e pelo avanço do projeto da planta de açúcar. A Companhia avança na sua agenda de expansão, mesmo em um cenário desafiador em termos de preços de etanol. Enfrentamos desafios que resultaram em um recuo na moagem da cana-de-açúcar. Mas a nossa estratégia de diversificação tem se mostrado uma decisão acertada para sustentar bons resultados de produção”, avalia o CEO da CerradinhoBio, Paulo Motta.

Com os desafios impostos pela continuidade de preços deprimidos neste segundo trimestre, a receita acumulada durante os seis meses da safra, trouxe um recuo de 9,4%, atingindo R$ 1,3 bilhão. O Ebtida ajustado foi de R$ 221,7 milhões, redução de 59,4% e o Capex de R$ 554 milhões, teve alta de 20,7% devido aos investimentos nova planta de etanol de milho em Maracaju (MS) e a fábrica de açúcar da companhia, em Chapadão do Céu (GO).

Saiba mais: Cerradinho anuncia novo investimento em Goiás

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.