terça-feira, 28 de maio de 2024
TXC vai investir R$ 30 milhões em expansão

TXC vai investir R$ 30 milhões em expansão

Empresa goiana do vestuário, inspirada na moda country, está presente em todo o Brasil e quer internacionalizar mais a marca.

14 de abril de 2024

Rubens Inácio: “Não podemos deixar nossa marca envelhecer”

Primeira marca de moda brasileira 100% inspirada no agronegócio, a TXC vai investir R$ 30 milhões neste ano. Principalmente para ampliar a sua linha de produção, focando desta vez no público infanto-juvenil, e em marketing.

A empresa goiana também ampliará o número de lojas franqueadas, passando dos atuais 44 para 100. Além de colocar seus produtos em cerca de 3 mil pontos de vendas, em todo o Brasil, até o próximo ano.

Com a expansão, a TXC (Textil Extra Company Ltda) espera crescer 40% em relação ao faturamento do ano passado, que chegou a R$ 120 milhões. E aumentar o seu quadro de funcionários em 20%, passando de 400 para 480 diretos.

Também vai manter as mais de 4.500 pessoas que trabalham nas 70 empresas terceirizadas homologadas. Elas confeccionam os mais de 70 itens que formam o portfólio da TXC.

“Estamos sempre inovando, construindo nossa marca e focados no crescimento da empresa”, afirma ao EMPREENDER EM GOIÁS o diretor executivo da TXC, Rubens Inácio. Ele lembra que, há 10 anos quando criou a empresa ao lado de seus sócios Rafael Biazin e Antônio Neto, o consultor contratado orientou-os a conquistar primeiro o mercado de Goiânia e de outras capitais. Para depois buscar o interior do País, a exemplo do que fazem os grandes players.

“Mas fizemos o contrário. Fomos primeiro para o interior, sobretudo onde o agro é forte, e depois partimos para as capitais. Isto, ao lado do apoio que recebemos dos principais cantores sertanejos, nossa marca é consolidada e de sucesso em todo o Brasil e em parte dos Estados Unidos”, diz Rubens.

Produção

A TXC, através das 70 empresas parceiras, produz por ano mais de 1,3 milhão de peças. De roupas a acessórios diversos para homens, mulheres e agora também itens para bebês, crianças e jovens de até 16 anos de idade, através da TXC Small.

“Não podemos deixar nossa marca envelhecer. Por isso estamos sempre inovando e agora buscando o público infantil. Queremos vestir toda a família”, diz o empresário.

Além de estar presente hoje em mais de 1.500 lojas multimarcas em todo o Brasil, a TXC quer crescer mais no comércio eletrônico. Atualmente, o e-commerce representa 6% das suas vendas. Até o próximo ano, o projeto é chegar a 15%, inclusive internalizando mais a marca, para além dos Estados Unidos.

Rubens Inácio afirma que a empresa ainda tem muito fôlego para crescer no Brasil. Seus produtos estão em 20% das cidades brasileiras. Em três anos, a TXC quer estar presente em pontos de vendas de 60% das cidades.

Além da TXC, Rubens Inácio criou a Texas Center, uma marca líder no segmento de moda agro. Teve sucesso imediato, superando as metas de vendas estabelecidas.

Mercado

No ano passado, o mercado goiano de moda movimentou cerca de R$ 8,5 bilhões, apresentando um crescimento de 10,4% em relação ao ano anterior. Os maiores aumentos no consumo foram projetados nas classes B e C.

No geral, o setor de vestuário correspondeu a R$ 5,7 bilhões das vendas do setor de moda em Goiás. Esses dados foram levantados pelo IPC Maps, empresa especializada em potencial de consumo dos brasileiros.

No Brasil, o setor de moda gira em torno de R$ 229 bilhões, liderando em quantidade de pedidos e correspondendo a 15% de todas as compras online. Os brasileiros são os que mais gastam com roupas e acessórios de vestuário em todo o mundo.

Considerando as nações emergentes, o mercado consumidor brasileiro fica atrás apenas de Rússia, Índia e China.

Saiba também: Tecido biodegradável impulsiona confecção goiana

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.

2 thoughts on “TXC vai investir R$ 30 milhões em expansão”

  1. Layslla disse:

    A TXC da uma aula de empreendedorismo inteligente e consciente. Acreditar em quem produz faz toda diferença.

  2. Layslla Gonçalves disse:

    A TXC da uma aula de empreendedorismo inteligente e consciente. Acreditar em quem produz faz toda diferença.