quinta-feira, 25 de julho de 2024
Caiado faz balanço positivo da missão à China

Caiado faz balanço positivo da missão à China

Seis grandes empresas da China devem realizar investimentos em Goiás nos próximos anos, segundo balanço apresentado pelo governador.

15 de novembro de 2023

Na última agenda oficial na China, Caiado foi recebido por dirigentes da China Railway Limited (CREC), em Pequim.

Atualização (15/11): Seis grandes empresas sediadas na China devem trazer investimentos para Goiás nos próximos anos. Este é o saldo da viagem liderada pelo governador Ronaldo Caiado ao país asiático para atração de novos investimentos ao estado. Durante duas semanas, encerrado nesta terça-feira (14/11), a comitiva goiana esteve em seis cidades, incluindo a capital Pequim. Realizou cerca de 16 visitas e reuniões com representantes do governo chinês, empresários e uma universidade.

“A missão foi extremamente produtiva. Fechamos acordos que vão gerar emprego e renda e garantimos parcerias que vão promover a pesquisa e a inovação em Goiás”, ressaltou Caiado. Um dos principais destaques foi a assinatura do acordo comercial para a instalação da multinacional de energia renovável Chint Power em Itumbiara.

Também avançaram as negociações com os grupos CMOC, indústria de mineração e beneficiamento de nióbio e fosfato, que projeta investir R$ 3 bilhões em Goiás. E com a Weichai Group, topo do ranking em produção de motores elétricos, outra com interesse no município de Itumbiara. “Tivemos a oportunidade de avançar na negociação. Elevaremos o patamar tecnológico de Goiás, que será referência na produção de produtos de ponta, com a possibilidade de abastecer a América Latina”, afirmou o governador.

Empresas chinesas

A comitiva conheceu ainda a montada chinesa BYD, responsável pelo modelo de ônibus elétrico. Ela integra os estudos do governo de Goiás para substituição dos veículos do Eixo Anhanguera. Com a Huawei, foi assinado memorando de entendimento para desenvolver soluções em tecnologia para o serviço público. Além da possível contratação da wi-fi 6, última tecnologia de internet sem fio, para a rede estadual de ensino.

Por fim, a China Railway Limited (CREC) confirmou o envio de uma missão a Goiás em 2024 para avaliar oportunidades no mercado local. A ideia é que o grupo, com capital e conhecimento tecnológico no setor, possa se juntar a empresas brasileiras na construção de ferrovias e exploração de minérios. A empresa já tem atuação na Mina Boa Vista, em Catalão, e em outros estados brasileiros.

O governador Ronaldo Caiado (UB) encerrou na terça-feira (14/11) a missão. Na última agenda oficial, esteve com dirigentes da China Railway Limited (CREC), sediada em Pequim. O conglomerado pretende expandir seus investimentos em Goiás, onde já atua na Mina Boa Vista, em Catalão. Para isto, representantes da empresa pretendem visitar o estado em 2024 para dar início aos estudos e projetos. A ideia é que o grupo, com capital e conhecimento tecnológico no setor de infraestrutura, possa se juntar a empresas brasileiras na construção obras de infraestrutura e investir na exploração de minério.

Missão

A missão ficará a cargo da Associação Sino Brasileira de Mineração (ASBN), que também promoveu uma segunda audiência entre a comitiva goiana e empresários chineses de diversos setores. O presidente da entidade, Luís Guimarães, destacou o potencial das tratativas. “Goiás é um estado competitivo, com muito espaço para investimento. Como representante da ASBM, garanto todo envolvimento para que essas negociações avancem”, afirmou.

A China Railway Group Limited tem sido listada entre as 500 maiores empresas do mundo há 16 anos consecutivos. Em dezembro de 2017, passou por uma grande transformação, tornando-se uma entidade estatal totalmente financiada. Possui 300 mil funcionários e planeja expandir sua atuação global até atingir 3 milhões de empregos em todo o mundo.

Saiba mais: Empresa chinesa vai se instalar em Itumbiara

Deixe seu comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Não será publicado.